qua
09
ago
2017

Arnóbio Viana

Pense numa cacetada! E se pensou, multiplique ela por cinco. Pois não estará exagerando ao fazer isso. De repente apareceu alguém com sangue no olho e atrevimento na língua para peitar de público o ministro Gilmar Mendes. E quem peitou foi um paraibano, membro de uma Corte Colegiada como é o Tribunal de Contas do Estado.O conselheiro Arnóbio Viana chamou, no seu Facebook, o ministro Gilmar de energúmeno de empreitada e de “um pústula a denegrir e apequenar o Supremo”.

Esse comentário ele fez a propósito das últimas declarações do ministro contra o Procurador Geral Rodrigo Janot, que por seu turno foi chamado, também,de medroso pelo conselheiro paraibano.

Veja a postagem dele:

A velhice é irmã-gêmea da verdade. O homem, ao correr dos dias, livra-se das amarras da conveniência do silêncio. Ao pensar assim, indigna-me o comportamento do Procurador Janot. Por que ele não responde diretamente aos impropérios do Ministro Gilmar Mendes? Tem medo? Medo de quê?

Francamente, se eu fosse ele diria ao Brasil, como àquela música: "quero bem alto ao mundo inteiro gritar": Esse Ministro não passa de uma pústula a denegrir e apequenar o Supremo. É tão parcial, tão engajado que qualquer vigarista,qualquer zunga, antecipa com acerto o voto a ser proferido no dia de amanhã. Não é magistrado. É UM ENERGÚMENO DE EMPREITADA, no dizer do grande João Mangabeira.

Blog do Tião Lucena


  Compartilhe por aí:      Comente


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br