qui
08
nov
2018

campanha Novembro Azul-2018

Testagem rápida para Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), sífilis, hepatite, HIV e aconselhamento e vacinação para colocar o esquema vacinal em dia. Estes foram os serviços oferecidos nesta quinta-feira (8) pela manhã aos servidores da Secretaria de Estado da Saúde (SES) dentro da programação da campanha “Novembro Azul”.

O servidor Roberjúnior de Sousa, 37 anos, passou por todos os serviços. “É muito bom esta ação acontecer no trabalho porque facilita a vida da gente, pois confesso que, rotineiramente, não procuro as unidades de saúde”, falou.

Criar no homem a cultura do autocuidado é um dos objetivos do “Novembro Azul”. O coordenador da campanha, Hélio Soares, 37 anos, também fez o “dever de casa”. Tomou a vacina contra hepatite B, a única que faltava e, com isso, atualizou o cartão de vacinação. “A Campanha é muito importante porque cria consciência do autocuidado e, a partir daí, não há mais como usar a desculpa de que o homem não se cuidar é uma questão cultural”, observou Hélio, que também é o coordenador da Área Técnica da Saúde do Homem na SES.

Durante todo o mês de novembro, serão realizadas ações articuladas com as Gerências Regionais de Saúde, serviços de saúde e municípios, que buscam estimular o autocuidado da população masculina e adoção de hábitos saudáveis.

Uma das novidades na programação deste ano é o lançamento dos “Guias de Pré-Natal do Parceiro” para profissionais de saúde e ACS, em parceria com o Ministério da Saúde, no dia 22, das 8h às 17h, no auditório da Asplan, na capital.

“A estratégia é fazer o homem entender que ele faz parte do trinômio pai/mãe/filho, criando a consciência da importância do cuidado com a saúde de forma rotineira”, frisa Hélio.

Programação Novembro Azul 2018

Secom-PB


  Compartilhe por aí:      Comente


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br