“Eu declaro afinal que não existe um prazer igual à leitura! É mais rápido se cansar de qualquer coisa do que de um livro! Quando eu tiver minha própria casa, eu serei infeliz se eu não tiver uma excelente biblioteca”.

Jane Austen  (1775-1817), romancista inglesa

qui
09
mai
2013

O quadrinho “Anayde Beiriz – Uma Biografia em Quadrinhos”, que retrata a história da professora e poetiza paraibana da década de 20, será lançado neste sábado (11), na Usina Cultural, às 19h. Mas o evento está previsto para começar bem antes, a partir das 17h, com um bate-papo sobre a obra, que contará com a presença da autora Luyse Costa, também responsável pelas ilustrações. O projeto é uma das 69 propostas aprovadas e patrocinadas pelo Fundo Municipal de Cultural (FMC), da Prefeitura de João Pessoa (PMJP).

O gestor do FMC e diretor executivo da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Maurício Burity, lembrou que o Fundo Municipal de Cultura é um incentivador da produção cultural local e da preservação da memória e identidade da cidade. “Um exemplo disso é este projeto, que ressalta em quadrinhos uma personalidade significativa de nossa história, como Anayde Beiriz. Ela foi uma apaixonada pela poesia e uma mulher intelectual, a frente dos padrões impostos à década de 20”, comentou.

“Anayde Beiriz – Uma Biografia em Quadrinhos” foi um dos dez projetos da área de literatura, contemplados pelo edital de nº 01/2011 do FMC, que disponibilizou R$ 1,2 milhão para um total de 69 propostas, divididas em várias categorias. O quadrinho, criado pelas mãos delicadas da ilustradora Luyse Costa, procura preservar a memória de Anayde Beiriz, mas também mostra um lado pouco divulgado da professora e poetiza paraibana.

Apaixonada por poesia e intelectual, Anayde Beiriz frequentava saraus e não se entregava às regras impostas às mulheres da década de 20. Para muitos, ela ficou apenas conhecida pelo seu relacionamento amoroso com João Dantas, que foi o principal opositor e assassino do então presidente da província, João Pessoa. Na verdade, o que ela mais desejava – e isso está explícito no quadrinho – era a liberdade do corpo e do pensamento.

Unindo história e arte, Luyse Costa compôs o livro em quadrinhos, mostrando não só um novo panorama de ilustrações, mas também um ângulo diferente de visualizar Anayde Beiriz. No dia do lançamento, a autora vai expor algumas ilustrações de sua obra e fará um bate-papo sobre o processo criativo de transformar a personagem principal de seu trabalho em quadrinhos. Como contraproposta do patrocínio do FMC, a proponente vai distribuir 20% dos exemplares para a rede municipal de ensino.

A autora Luyse Costa nasceu em João Pessoa. É formada em História pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e atua no mercado nacional como ilustradora. Ela já registrou seus traços em duas obras publicadas pela Editora DSOP – “Diana, Luana, Luanda” (criação dela criação com Ana Lasevicius) e “O Sonho Secreto de Alice” (Simone Paulino). Em seu currículo, Luyse assina também as obras “Chá de Sumiço e Outros Poemas Assombrados), além de “HQ: Anchietinha – A Capela de São Miguel em Quadrinhos”.

FMC O Fundo Municipal de Cultura é um instrumento de fomento cultural, destinado a produtores culturais. Também funciona como um mecanismo de política pública que proporciona a concessão de incentivos financeiros a pessoas físicas ou jurídicas, domiciliadas na Capital. Com o recurso, o beneficiado pode realizar projetos culturais, envolvendo várias áreas.

Secom-JP


  Compartilhe por aí:      Comente

qui
09
mai
2013

entrega de palma_fotos_jose lins secom pb

O Programa Palma Resistente do Governo do Estado chega à Água Branca, nesta sexta-feira (10), região de Princesa Isabel, onde serão entregues aproximadamente 140 mil raquetes de palma forrageira resistentes à praga da cochonilha do carmim para 200 agricultores familiares criadores de gado. A atividade acontece na feira de gado do Município, a partir das 9h, por meio da Emater em parceria com outros órgãos e a prefeitura municipal.

A ação, de acordo com o presidente da Emater, Geovanni Medeiros, vai beneficiar criadores dos municípios de Manaíra, Princesa Isabel, São José de Princesa, Tavares, Juru, Água Branca, Imaculada, Maturéia, Teixeira, Desterro e Cacimbas.

O cadastro e a divulgação para o evento foram executados pela Emater Regional Princesa Isabel. A distribuição da palma resistente tem o objetivo de auxiliar o agricultor familiar no enfrentamento aos efeitos da estiagem.

Lançado em fevereiro, pelo governador Ricardo Coutinho, o Programa Palma Resistente à Cochonilha do Carmim tem meta estipulada de 4,5 milhões de raquetes para essa primeira etapa. Até agora foram entregues mais de três milhões de unidades, com um investimento de R$ 3,5 milhões, informou o coordenador regional de Princesa Isabel, Hermes Maia Pereira.

A meta do Governo do Estado é distribuir as mudas da palma resistente em todo território paraibano para substituir as palmas que estão sendo dizimadas pela praga da cochonilha do carmim. A previsão para o segundo semestre é distribuir 10 milhões de raquetes.

Durante o evento, nesta sexta-feira, também ocorrem a entrega de títulos de posse de terra, por meio do Interpa, além da emissão de Declarações de Aptidão do Produtor (DAPs) por parte da Emater, assinatura de contratos com o PNAE municipal no valor de R$ 47.880,00 e ainda os festejos alusivos ao Dia das Mães. Os serviços, como corte de cabelo, manicure, pedicure e maquiagem serão oferecidos pela prefeitura local. Na ocasião, haverá também o concurso da mais bela Mulher Rural.

O Programa Palma Resistente do Governo do Estado chega à Água Branca, nesta sexta-feira (10), região de Princesa Isabel, onde serão entregues aproximadamente 140 mil raquetes de palma forrageira resistentes à praga da cochonilha do carmim para 200 agricultores familiares criadores de gado. A atividade acontece na feira de gado do Município, a partir das 9h, por meio da Emater em parceria com outros órgãos e a prefeitura municipal.

A ação, de acordo com o presidente da Emater, Geovanni Medeiros, vai beneficiar criadores dos municípios de Manaíra, Princesa Isabel, São José de Princesa, Tavares, Juru, Água Branca, Imaculada, Maturéia, Teixeira, Desterro e Cacimbas.

O cadastro e a divulgação para o evento foram executados pela Emater Regional Princesa Isabel. A distribuição da palma resistente tem o objetivo de auxiliar o agricultor familiar no enfrentamento aos efeitos da estiagem.

Lançado em fevereiro, pelo governador Ricardo Coutinho, o Programa Palma Resistente à Cochonilha do Carmim tem meta estipulada de 4,5 milhões de raquetes para essa primeira etapa. Até agora foram entregues mais de três milhões de unidades, com um investimento de R$ 3,5 milhões, informou o coordenador regional de Princesa Isabel, Hermes Maia Pereira.

A meta do Governo do Estado é distribuir as mudas da palma resistente em todo território paraibano para substituir as palmas que estão sendo dizimadas pela praga da cochonilha do carmim. A previsão para o segundo semestre é distribuir 10 milhões de raquetes.

Durante o evento, nesta sexta-feira, também ocorrem a entrega de títulos de posse de terra, por meio do Interpa, além da emissão de Declarações de Aptidão do Produtor (DAPs) por parte da Emater, assinatura de contratos com o PNAE municipal no valor de R$ 47.880,00 e ainda os festejos alusivos ao Dia das Mães. Os serviços, como corte de cabelo, manicure, pedicure e maquiagem serão oferecidos pela prefeitura local. Na ocasião, haverá também o concurso da mais bela Mulher Rural.

SECOM-PB


  Compartilhe por aí:      Comente

qui
09
mai
2013

O Ministério da Educação fez alterações no edital deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tornando-o mais rigoroso. Uma das medidas é que as redações com inserções indevidas serão zeradas. Outra mudança prevê que serão aceitos apenas desvios gramaticais excepcionais e que não caracterizem reincidência. Antes, eram permitidos "escassos" desvios.

A correção das redações será mais rígida. A expectativa é que uma a cada três redações irá para um terceiro corretor, antes o índice era aproximadamente 21%. Isso ocorrerá quando houver uma discrepância de mais de 100 pontos entre as notas dos dois primeiros corretores. No ano passado, a discrepância tinha que ser de mais de 200 pontos para que fosse encaminhada a um terceiro avaliador.

O edital também prevê maior rigor para os corretores, que terão mais horas de capacitação e serão acompanhados e avaliados. Eles poderão ser dispensados inclusive durante a correção.

Segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, as mudanças foram implantadas porque as regras aplicadas anteriormente não mostraram resultado satisfatório. Apesar do maior rigor, sobre as questões gramaticais, Mercadante diz que caberá à banca considerar o erro uma exceção ou não. "A regra é clara, mas a interpretação do juiz nem sempre é um consenso. Tem um grau que compete à banca, não tem como prever o grau que será aceito ou não. O que podemos dizer é que será mais rigoroso", diz.

Ele explicou também que tanto para a nota máxima na redação, que é mil, quanto para erros gramaticais considerados exceção será preciso uma justificativa dos avaliadores.

Outra novidade é que será divulgado no cartão de inscrição um telefone pelo qual candidatos com alguma condição especial (gestantes, pessoas com deficiência) serão orientados. Essa edição trará também dois modelos de prova com letra maior – uma com fonte tamanho 18 e outra 24.

Os candidatos com renda mensal per capita de até 1,5 salário mínimo estão isentos da taxa de inscrição. Antes, eram isentos apenas aqueles com renda de até um salário mínimo per capita. Os estudantes de escolas públicas continuam sem ter de pagar pela inscrição.

Mercadante desmente a intenção de cobrar a taxa daqueles que faltarem à prova, mas ressalta que o gasto é calculado pelo número de inscrições. "Apelo para aqueles que se inscreverem para que realmente façam o Enem. Os custos levam em conta os inscritos e temos tido uma diferença importante". No ano passado, foram 5,8 milhões de inscritos. Desses, 4,3 milhões fizeram a prova.

As inscrições começam na próxima segunda-feira (13) até e vão até o dia 27 de maio. Os candidatos podem pagar a taxa de inscrição até o dia 29 de maio. As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro. Os portões serão abertos às 12h (horário de Brasília).

Agência Brasil


  Compartilhe por aí:      Comente

qui
09
mai
2013

IMG_1024

A queda de energia por conta de um raio caído no início da noite de ontem (8) provocou pane no sistema elétrico de captação de água bruta da Cagepa em Princesa Isabel e interrompeu o serviço de distribuição d’água à população.

O serviço, precário há décadas, foi reestabelecido no início da manhã desta quinta-feira (9), segundo informações do escritório local da companhia. O abastecimento volta por setor – a chamada ‘manobra técnica’, e vai abranger a área que compreende os bairros Cruzeiro, AABB e Maia, além de outros pontos, inclusive centrais, ao sul da cidade.

Do que jeito vai, não se poderá mais acender isqueiro e muito menos palito de fósforo nas proximidades das estações de captação e de tratamento de Cagepa, que o sistema de abastecimento vai por água abaixo.

E nós, como sempre, obrigados a tomar banho com conta-gotas, pincel e – na melhor das hipóteses, usando cuias e baldes.


  Compartilhe por aí:      Comente

qui
09
mai
2013

TCE remete acórdãos para a cobrança judicial de R$ 7 milhões

A Corregedoria do Tribunal de Contas da Paraíba encaminhou à Procuradoria Geral da Justiça e à Procuradoria Geral do Estado, no primeiro quadrimestre de 2013, acórdãos para a cobrança judicial de valores que ultrapassam R$ 7 milhões. Os ofícios encaminhados, neste sentido, pelo Sistema Eletrônico do TCE somaram 563, sendo 166 para o primeiro dos dois organismos e 397 para o segundo.

O montante, divulgado pelo corregedor Fernando Catão na abertura da sessão plenária dessa quarta-feira (8), decorreu de decisões do Tribunal Pleno e das duas Câmaras Deliberativas quando do julgamento de contas, contratos, convênios ou pagamentos irregulares ordenados por dirigentes de órgãos públicos sob jurisdição do TCE.

Os acórdãos remetidos à Procuradoria Geral do Estado, para a devolução de valores aos cofres públicos perfizeram o montante de R$ 976.638,24. No mesmo período, as remessas à Procuradoria Geral da Justiça – também para a cobrança executiva de débitos impostos pelo TCE a ordenadores de despesas públicas – atingiram R$ 6.124.217,31.

TCE-PB


  Compartilhe por aí:      Comente

qui
09
mai
2013

As chuvas caídas na região de Princesa Isabel nas últimas 24 horas foram fracas e se registraram apenas em Tavares (7,6 mm), São José de Princesa (2,3 mm) e Princesa Isabel (0,3 mm).

Os volumes foram obtidos pelo blog no Escritório Regional da Emater de Princesa Isabel.

Para esta quinta-feira (9), o Centro de previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) aponta 80% de chance de chuva de curta duração, que pode ser acompanhada de trovoadas, em Princesa Isabel, Manaíra, São José de Princesa, Juru, Tavares e Água Branca.

Abaixo, a previsão do Centro para a região Nordeste:

No interior e leste da BA: nublado com possibilidade de chuva. No litoral da BA até AL: instável, com curtos períodos de sol e chuva. No norte do CE, leste do RN, PB, PE e sudoeste da BA: sol e variação de nuvens. Nas demais áreas da região: sol, variação de nuvens e pancadas de chuva localmente fortes. Temperatura em pequeno declínio no sudoeste da BA. Temperatura máxima: 34ºC no RN. Temperatura mínima: 18ºC no sul da BA.


  Compartilhe por aí:      Comente

Página 1 de 212