“Os homens sábios usam as palavras para os seus próprios cálculos, e raciocinam com elas, mas elas são o dinheiro dos tolos”.

Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, autor de Leviatã

seg
29
dez
2014

O governador Ricardo Coutinho, durante entrevista ao Programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação, voltou a enfatizar que  nesse segundo mandato a frente dos destinos da Paraíba fará o melhor mandato de sua trajetória política no Estado.

Para que isso aconteça, Ricardo Coutinho destacou que não será necessário fazer nenhuma mágica basta apenas qualificar os  avanços  que a Paraíba teve. RC disse que o Estado possuiu números que ele jamais imaginaria conseguir alcançar.

“Eu não imaginava que a gente pudesse conseguir fazer 2,3 mil quilômetros  de estradas  nem aqui nem em  canto nenhum e nesse segundo semestre teremos a melhor malha viária do Nordeste e programa de rodovias da Paraíba é muito grande  e eu sou o governador que mais construiu estradas no Estado”, destacou.

Ele destacou ainda conclusão da segunda etapa do Programa Caminhos da Paraíba que depende de uma conjuntura da política econômica vigente no país, mas acredita na presidente Dilma com a implantação de uma política de investimentos em infraestrutura e que a Paraíba precisa de R$ 600 milhões para investimentos em estradas nessa segunda etapa do Programa Caminhos da Paraíba o que vai beneficiar o Litoral Sul do Estado.

Paraiba.com.br


  Compartilhe por aí: Comente

seg
29
dez
2014

Cássio e Cícero estão entre senadores que somam salário com aposentadoria estadual
Cássio e Cícero já governaram a Paraíba

Reportagem publicada neste domingo no Jornal O Globo revela que, dos 104 ex-governadores que recebem pensão especial paga pelos Estados que governaram, 15 acumulam os proventos com os salários de senador. Destes, dois são paraibanos: os senadores Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena, ambos do PSDB.
A soma dos dois rendimentos se dá mediante uma falha na legislação, que prevê um teto federal, mas não um nacional, que abrangesse o somatório de recursos municipais, estaduais e federais recebidos pelo mesmo gestor.

Os 15 senadores beneficiados com a pensão de ex-governador são: São eles: Casildo Maldaner (PMDB-SC), Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), Roberto Requião (PMDB-SC), Jorge Viana (PT-AC), João Durval (PDT-BA), Ivo Cassol (PP-RO), Valdir Raupp (PMDB-RO), Edison Lobão (PMDB-MA), Epitácio Cafeteria (PMDB-MA), João Alberto (PMDB-MA), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), Agripino Maia (DEM-RN), Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Cícero Lucena (PSDB-PB) e José Sarney (PMDB-AP), que recebe a pensão como ex-governador do Maranhão.

Em 2009, o Tribunal de Contas do Estado publicou um acórdão pedindo ao Congresso que buscasse uma forma de se enquadrar no teto do funcionalismo público, que é de R$ 29,3 mil, tentando evitar a soma de salários de deputados e senadores acima deste patamar.

No entanto, o acórdão nunca foi cumprido porque o Senado alega que não há como instituir um teto nacional, já que União, estados e municípios têm orçamentos e folhas de pagamento independentes. No Executivo, no Legislativo e no Judiciário, quando o servidor ultrapassa os R$ 29,3 mil, tem a diferença abatida automaticamente.

Para resolver isso, só quando uma lei definir que exista um mecanismo capaz de detectar em todo o país o recebimento de salário por cada ente federado e, então, praticar um abate teto.

ParlamentoPB com informações de O Globo


  Compartilhe por aí: Comente

seg
29
dez
2014

O governador Ricardo Coutinho (PSB) e o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), devem anunciar novos nomes que vão compor suas equipes a partir de 2015. A expectativa está justamente nos nomes dos dois partidos (PT e PSB) que vão compor os dois governos, ou seja, os nomes do PT que vão compor o governo do Estado, e os nomes do PSB que vão fazer parte do governo de João Pessoa.

Na semana passada, o governador Ricardo Coutinho, anunciou através das redes sociais os nomes de alguns secretários. De acordo com o secretário de Comunicação, jornalista Luis Torres, que foi reconduzido ao cargo, informou que até o dia 31, a equipe deverá ser fechada.

No caso da prefeitura de João Pessoa, como não se trata de um novo mandato, o prefeito Luciano Cartaxo tem feitos alguns ajustes. O último anuncio foi o nome de Jackson Macedo, para o Orçamento Participativo. Mas outros nomes ainda devem ser anunciados até o réveillon.

WSCOM Online


  Compartilhe por aí: Comente

seg
29
dez
2014

O ‘Ranking do Progresso’, divulgado nesse final de semana pela revista VEJA em parceria com o Núcleo de Estudos sobre o Congresso (Necon), do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Iesp-Uerj), listou Luiz Couto (PT) entre os 20 melhores deputados do Brasil e o mais atuante da Paraíba na Câmara Federal.

Dos 513 parlamentares que compõem a Câmara, Luiz Couto ficou na 19ª colocação. Ruy Carneiro atingiu o 40º lugar. Os demais deputados da Paraíba ficaram abaixo da 100ª posição.

Já no Senado Federal o paraibano que mais se destacou foi Vital do Rego Filho (PMDB), atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), que conquistou o 11º posicionamento na avaliação geral. Cícero Lucena alcançou a 26ª posição. Cássio Cunha Lima (PSDB) ficou em penúltimo no ranking (73º), ganhando apenas do ex-presidenciável Aécio Neves (PSDB).

Segundo VEJA, os vários indicadores que mapeiam as ações dos parlamentares têm o objetivo de definir o posicionamento dos congressistas em relação a temas-chave do cotidiano da sociedade. No caso do ‘Ranking do Progresso’, entre outros critérios, são levadas em conta propostas de ajuste na legislação capazes de contribuir para um país mais moderno e competitivo.

Confira colocação dos paraibanos:

Deputados

Luiz Couto – PT – 19º

Ruy Carneiro – PSDB – 40º

Damião Feliciano – PDT – 122º

Major Fábio – PROS – 127º

Nilda Gondim – PMDB – 141º

Efraim Filho – DEM – 165º

Aguinaldo Ribeiro – PP – 166º

Benjamim Maranhão – SD – 166º

Manoel Junior – PMDB – 168º

Hugo Mota – PMDB – 204º

Wellington Roberto – PR – 212º

Wilson Filho – PTB -219º

Senado Federal

Vital do Rego Filho – PMDB – 11º

Cícero Lucena – PSDB – 26º

Cássio Cunha Lima – PSDB – 73º

Ascom do Dep. Luiz Couto, com Veja


  Compartilhe por aí: Comente

seg
29
dez
2014

Menos de 25% das brasileiras entre 50 e 60 anos de idade fizeram mamografia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em 2013, quase três vezes menos do que recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS), que é 70% de cobertura anual desse exame em mulheres com mais de 40 anos de idade, enquanto o Ministério da Saúde sugere que essa cobertura comece aos 50 anos.

Os dados fazem parte de um levantamento elaborado pela Sociedade Brasileira de Mastologia, em parceria com a Rede Goiana de Pesquisa em Mastologia. Das mais de 10 milhões de mamografias esperadas pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) em mulheres entre 50 e 60 anos de idade em 2013, somente 2,5 milhões foram realizadas.

O estudo também revela que, embora haja equipamentos do SUS em número satisfatório, a grande maioria está no Sul e Sudeste e uma pequena parte no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Além disso, as capitais concentram esses mamógrafos, enquanto uma área imensa no interior fica descoberta.

Agência Brasil


  Compartilhe por aí: Comente

dom
28
dez
2014

http://www.duartelima.com.br/wp-content/uploads/2014/10/DSC08385.jpg

O vereador Givaldo Morais (PC do B) voltou a alertar, neste domingo (28), sobre a possibilidade de “uma enxurrada de demissões de servidores comissionados na Prefeitura de Princesa Isabel, já agora em dezembro, sem aviso formal”.

Segundo o parlamentar oposicionista, “o prefeito tucano Dominguinhos adiou os cortes por conta de minha antecipação sobre o assunto, mas deve promover no máximo, em janeiro próximo”.

Ainda de acordo com Givaldo, “a demissão em massa atingirá a maioria dos comissionados que ganham salário mínimo, cuja admissão ocorreu em pleno período eleitoral, para garantir votos aos candidatos apoiados pelo prefeito nas eleições de 2014”.

“Em janeiro, a gente vai saber direito se a demissão em massa aconteceu em dezembro, na surdina, ou se fica mesmo pra o mês que vem”, ressaltou.

Notícia relacionada

Givaldo Morais alerta sobre demissão em massa de comissionados da Prefeitura de Princesa; previsão é feita com base em revelação do líder do governo


  Compartilhe por aí: 1 Comentário

dom
28
dez
2014

http://www.duartelima.com.br/wp-content/uploads/2014/11/RICARDO-PEREIRA.jpgO ex-candidato a prefeito e líder da oposição em Princesa Isabel, Ricardo Pereira (PC do B), concederá entrevista à Rádio Princesa AM neste domingo (28), no programa semanal de entrevistas ‘Microfone Aberto’.

O programa,que vai ao ar ao vivo das 13h às 14h, pode ser acompanhado também pela internet no site da emissora (www.radioprincesa970.com)


  Compartilhe por aí: 1 Comentário

dom
28
dez
2014

Suspensas buscas a avião que desapareceu na Indonésia com 162 a bordo

Por causa do mau tempo e o início da noite, o governo indonésio suspendeu as buscas ao avião da AirAsia que despareceu hoje (28), com 162 pessoas a bordo, entre a Indonésia e Cingapura. Os trabalhos serão retomados na manhã desta segunda-feira (29).

"Interrompemos as buscas quando começou a anoitecer. A meteorologia também não estava favorável. As buscas serão retomadas amanhã [segunda-feira] cedo, se o tempo permitir", declarou um porta-voz do Ministério dos Transportes da Indonésia.

O avião, um Airbus 320-200, desapareceu dos radares quando descolou do Aeroporto Internacional de Juanda, na cidade indonésia de Surabaia às 05h35 (19h35 horário de Brasília) e deveria pousar em Cingapura as 08h30 (22h30 horário de Brasília).

A aeronave transportava 155 passageiros (138 adultos, 16 crianças e um bebé) e sete membros da tripulação, incluindo dois pilotos. Entre os passageiros, 149 são indonésios, três sul coreanos, um de Cingapura, um da Malásia e um inglês. Da tripulação, são seis indonésios e um francês.

O contato foi perdido com o Controle de Tráfego Aéreo da Indonésia às 07h24 deste domingo (21h24 de sábado horário de Brasília), de acordo com a AirAsia.

Com sede na Malásia, a companhia informou que o piloto do voo QZ8501 pediu para desviar o plano de voo por causa do mau tempo. Acrescentou que estava em curso uma operação de busca e resgate, coordenada pela Indonésia e com participação de Cingapura.

Agência Lusa


  Compartilhe por aí: Comente