qui
21
maio
2020

flávio bolsonaro e fabrício queiroz
Flavio Bolsonaro e Fabrício Queiroz

A defesa de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro e amigo do clã do titular do Palácio do Planalto, foi informada de inquérito em agosto de 2019, mesmo mês em que Jair Bolsonaro tentou trocar comando da PF no RJ.

247 – A defesa de Fabrício Queiroz, amigo de  Jair Bolsonaro e ex-assessor do seu filho Flávio, foi informada em agosto do ano passado sobre a existência de um inquérito sigiloso da Polícia Federal no Rio de Janeiro que citava o policial militar aposentado, informam os jornalistas Italo Nogueira e Camila Mattoso na Folha de S.Paulo.

Naquele mesmo mês, Jair Bolsonaro decidiu demitir o então chefe da superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro e tentou nomear alguém de sua preferência pessoal.

A reportagem destaca que nessa investigação sigilosa, Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz são citados em relatório federal do Coaf, sobre movimentações financeiras suspeitas.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br