sex
22
maio
2020

Jefferson-Kita

O mais novo prefeito de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania), em entrevista concedida ao programa Tribuna Livre, do Sistema Arapuan, na manhã desta sexta-feira (22), contou qual foi a situação que encontrou ao assumir o cargo, deixado por Berg Lima (sem partido).

“Eu tomei posse ontem às 16 horas e quando cheguei na prefeitura, tinham levados todos os computadores, levado tudo, só tinha as cadeiras, um ato criminoso que, inclusive, vamos denunciar, então não estamos no escuro”, denunciou Kita, que era presidente da Câmara de Vereadores.

Jefferson, que deve administrar a cidade localizada na região metropolitana de João Pessoa por cerca de seis meses, disse que há informações dando conta que, nas suas últimas horas de mandato, Berg Lima teria realizado alguns pagamentos e esvaziado os cofres públicos.

“Tem que ver o que foi nas últimas horas, mas só vamos ter certeza quando for feito o balanço, não sabemos o que vamos encontrar, não temos noção do rombo ainda, é como trocar o pneu com o carro andando. Vai ser difícil ajeitar Bayeux em curto prazo”, disse.

O político ainda pediu a compreensão da população. “Ele não resolveu em anos, eu não vou resolver em meses. Mas nós temos que enxugar a folha salarial, a máquina e tentar montar uma boa equipe técnica para resolver questões emergenciais”.

Paraiba.com.br


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br