dom
24
maio
2020

Luís Filipe de Lima

O violonista, arranjador e diretor musical Luís Filipe de Lima colocou seu violão Do Souto à venda por R$ 12 mil. Há 25 anos com o violão, Luis Filipe decidiu vendê-lo em função da pandemia, que reduziu a praticamente zero a possibilidade de trabalho para o setor – e que não recebe qualquer espécie de atenção do governo federal.

247 – O violonista Luís Filipe de Lima colocou seu violão Do Souto à venda por R$ 12 mil. Ele decidiu vendê-lo em função da crise do coronavírus, que reduziu drasticamente a possibilidade de trabalho para o setor.

A reportagem do jornal O Globo destaca que “difícil imaginar um anúncio de venda de violão mais triste. Nas primeiras horas de seu 53º aniversário, neste domingo, o violonista, arranjador e diretor musical Luís Filipe de Lima avisou: está à venda, por R$ 12 mil, Seu Sete, como carinhosamente batizou o violão de sete cordas que o acompanha há 25 anos, comprado em 1995 de Paulão Sete Cordas.”

A matéria ainda acrescenta que “a crise provocada pela pandemia do coronavírus, que diminuiu e muito as oportunidades de trabalho para Luís Filipe, jurado há 14 anos do Estandarte de Ouro, é vista por ele como a ponta do iceberg para a situação chegar ao ponto de se desfazer de Seu Sete.  Mas a situação e as dívidas já vinham se acumulando nos últimos anos, desde o final do governo Dilma, principalmente pela escassez de editais e a torneira de investimentos fechada em instituições como o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e Petrobras.”

Diz Luís Filipe: “eu sou muito apegado às lembranças, mas nos últimos tempos me desfiz de outros objetos valiosos — reflete o músico, citando a partitura original de uma canção de Jacob do Bandolim e um autógrafo dado por Noel Rosa em 1931, em uma nota de cachê de rádio. — Eu fico mais pesaroso com o fato de que a venda do violão vai servir para pagar juros bancários, e não para fazer um pé de meia. Não é nem de perto o que eu preciso. Simplesmente vai ser o milagre do mês, para apagar um incêndio. O “pum do palhaço”, como disse Regina Duarte.”

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br