sex
28
ago
2020

Polícia Civil-SC_Divulgação

Uma amiga da vítima teria a levado até uma cerâmica desativada e lá lhe acertado com tijoladas. Ela então utilizou um estilete para cortar a barriga da grávida e retirar o bebê.

247 – Foi encontrado pela polícia nesta sexta-feira (28) o corpo de uma mulher em Canelinha, na Grande Florianópolis. Flavia Godinho Mafra estava grávida e desaparecida desde a quinta-feira (27). O corpo foi localizado sem o bebê em uma cerâmica desativada.

O delegado Paulo Alexandre Freisleben da Silva afirmou, segundo o G1, que uma amiga da vítima a levou para o local do crime sob o pretexto de que faria um chá de bebê, já que ela teria perdido seu filho há dois ou três meses mas não teria contado a ninguém.  "Ela disse que estava grávida e teria perdido a criança há dois ou três meses, mas não comunicou aos familiares, inclusive nem teria falado para o marido, que estaria muito empolgado com a gravidez dela. Ela disse que iria fazer um chá de bebê e convidou a vítima para participar".

Na cerâmica, a suspeita utilizou um estilete para cortar a barriga da amiga e roubar a criança. "A ideia dela era matar a mulher e ficar com a criança".

A mulher levou a criança até uma maternidade e afirmou que teve um parto espontâneo. Até o início da tarde desta sexta-feira o bebê estava internado no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis.

Até agora um homem e uma mulher foram presos.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br