sáb
19
set
2020

Vladimir Putin

"Hoje a Rússia possui, pela primeira vez na história, armas superiores a todas as outras existentes", afirmou o presidente russo Vladimir Putin.

O presidente russo Vladimir Putin declarou que Moscou foi obrigada a desenvolver armas hipersônicas após a retirada dos EUA do Tratado de Mísseis Antibalísticos (ABM). "Hoje a Rússia possui, pela primeira vez na história, armas superiores a todas as outras existentes", afirmou Vladimir Putin.

"A retirada dos EUA do Tratado de Mísseis Antibalísticos em 2002 forçou a Rússia a iniciar o desenvolvimento de armas hipersônicas. Nós fomos obrigados a construir este armamento em resposta à implantação do sistema de defesa de mísseis estratégicos dos EUA, que em perspectiva seria capaz de neutralizar de fato, de zerar todas nossas capacidades nucleares", disse Putin durante uma videoconferência.

Anteriormente a Rússia tinha de recuperar atrasos no campo do desenvolvimento de novos modelos de armamentos, mas agora, pela primeira vez, o país possui as armas mais avançadas, superando largamente os produtos dos outros países.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br