seg
26
out
2020

Lua

A Nasa confirmou a descoberta de água no lado iluminado da superfície da Lua. A descoberta foi feita por meio do Observatório Estratosférico de Astronomia Infravermelha, iniciativa entre Nasa e o Centro Aeroespacial Alemão.

A Nasa confirmou nesta segunda-feira (26) a descoberta de água no lado iluminado da superfície da Lua. Cientistas só haviam detectado água em estado sólido (gelo) em regiões escuras do satélite natural da Terra, onde o Sol não bate e as temperaturas chegam a 184 graus Celsius negativos. A descoberta foi feita por meio do Observatório Estratosférico de Astronomia Infravermelha (Sofia, na sigla em inglês).

O lado iluminado tem uma temperatura que pode ultrapassar os 200 graus Celsius. Esse lado não é fixo porque a Lua tem um tempo de rotação pouco maior que 27 dias e a área que recebe luz solar varia de acordo com o movimento.

Segundo a coluna Tilt, no portal Uol, a agência espacial disse que foram detectadas moléculas de água (H2O), mas não se sabe em que estado. As análises iniciais apontaram ser mais provável que seja em forma de vapor preso no solo, e não gelo (como já se viu antes no satélite) ou líquido como na Terra.

O Observatório Estratosférico de Astronomia Infravermelha tem um telescópio de nove pés (2,74 metros) montado em um avião Boeing 747, que voa alto na atmosfera. É uma iniciativa entre Nasa e o Centro Aeroespacial Alemão.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br