ter
27
out
2020
"Todas as providências jurídicas estão sendo tomadas pela Procuradoria-Geral do Estado", afirmou Nonato

nonato1
Na imagem, o secretário de Comunicação do Estado, Nonato Bandeira

O secretário de Governo, Nonato Bandeira, afirmou nesta terça-feira (27), que Governo do Estado e o governador João Azevêdo estão sendo vítimas de mais uma fake news por parte da imprensa, coincidentemente às vésperas das eleições municipais, que segundo ele, plantou informações de buscas e apreensões em decorrência da nona fase da Operação Calvário contra Azevêdo.

Segundo Nonato, “nem o governador e nem o Governo foram alvos hoje de manhã de qualquer operação da PF e do MPF, como informaram veículos de imprensa, alguns deles localizados na Paraíba e envolvidos nas disputas eleitorais nas principais cidades paraibanas”, afirmou.

“Todas as providências jurídicas estão sendo tomadas pela Procuradoria-Geral do Estado no sentido de restabelecer a verdade e responsabilizar os que plantaram e divulgaram mais essa fake news contra o Governo da Paraíba”, disparou Nonato.

Polícia Federal corrobora nota

O delegado da Polícia Federal Conrado de Almeida, corroborou a nota do Governo da Paraíba, nesta terça, e garantiu que o governador João Azevêdo não foi alvo de nenhum mandado da nova fase da Operação Calvário. Diferente do noticiado por alguns veículos de comunicação, os alvos foram um operador de propina e pessoas ligadas ao conselheiro do Tribunal de Contas da Paraíba, Arthur Cunha Lima.

WSCOM


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br