sex
25
jun
2021

Museu da Cidade

A Comissão de Museus, criada pela Secretaria de Estado da Cultura, iniciou o processo de instalação do Museu da Cidade, em João Pessoa, que funcionará em um casarão construído no início do século passado, na Praça da Independência. O casarão abrigou o então presidente João Pessoa, quando o Palácio da Redenção esteve em obras, no final dos Anos 30. Hoje, recuperado, preserva linhas arquitetônicas e infraestrutura interna como se tivessem passado todo esse tempo intocáveis.

Com vários cômodos e um primeiro andar, o imóvel receberá o Museu da Cidade, e traz como simbologia o fato de João Pessoa ter residido nele. Por isso, num dos espaços, estarão expostos móveis pertencentes à família do ex-presidente paraibano, itens que foram levados ao casarão na segunda-feira (21).

A primeira reunião de instalação, coordenada pelo secretário de Estado da Cultura, Damião Ramos Cavalcanti, contou com as presenças do jornalista Fernando Moura (presidente da Fundação Casa de José Américo), do poeta e escritor Juca Pontes (FCJA), do historiador Chico Pereira e do artista plástico Diógenes Chaves (gerência de Museus da SecultPB) e da gerente administrativa da Secretaria, Majorie Costa.

O grupo definiu encaminhamentos para a instalação do museu, tais como equipamentos, tecnologias que vão melhorar a interatividade dos visitantes, identidade gráfica e visual do novo museu e o conteúdo.

O Museu da Cidade conterá um misto de acervo e de exposições temporárias sobre a cidade de João Pessoa, seus fatos e seu povo. Uma nova reunião, realizada na manhã desta sexta-feira (25), na sede do Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba (IHGP), definiu um empréstimo, em regime de comodato, de outros itens mobiliários que foram utilizados por João Pessoa.

A data de abertura do novo museu ainda será definida.

Modernização da museologia – Foi o governador João Azevêdo quem, no início do ano, propôs e anunciou a criação de mais dois museus pelo Estado: o Museu da Cidade e o Museu da Paraíba, o segundo a ser instalado no Palácio da Redenção, cujo projeto está em andamento, na fase de planejamento.

A implantação dos dois espaços, segundo avalia o secretário Damião Ramos Cavalcanti, oferece a oportunidade de se discutir uma nova política para os museus paraibanos, que são 57 filiados ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O secretário defende a modernização e requalificação dos museus, reformulando concepções e tornando-os mais atrativos, o que facilita a captação de recursos para investimentos.

Secom/PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br