dom
27
jun
2021

Genival Lacerda & Pinto do Acordeon

Genival Lacerda e Pinto do Acordeon, dois dos mais genuínos disseminadores da música nordestina, serão os homenageados da sexta edição do Projeto Prima Convida, na próxima quarta-feira (30).

Transmitido pelo canal Primaparaiba, no YouTube (youtube.com/channel/UC2VDa1Cwtm8qLECQwBUFSuA), o programa terá como convidados João Lacerda (filho de Genival Lacerda), Mô Lima (filho de Pinto do Acordeon) e o jornalista, escritor e pesquisador Fernando Moura, presidente da Fundação Casa de José Américo. A mediação será de Mari Santana.

Os artistas

• Genival Lacerda foi cantor e compositor paraibano, nascido em Campina Grande em 15 de abril de 1931. Considerado pelo público um mito da música nordestina, ficou famoso no país pela música de grande apelo popular, pelas vestimentas no palco e pela forma de dançar, usando barrigadas de forma humorada.

Foram 61 produções em sua discografia, entre LPs em vinil, EPs e DVD. Em 2019, o artista comemorou 70 anos de carreira, gravando o primeiro DVD – ‘Minha Estrada’. Genival faleceu em 7 de janeiro de 2021, no Recife, onde estava hospitalizado em decorrência de complicações da Covid-19.

Entre inúmeros sucessos que marcaram sua carreira estão ‘Severina Xique Xique’, ‘De quem é esse jegue?’ e ‘Radinho de Pilha’.

• Pinto do Acordeon nasceu em Conceição, Sertão da Paraíba, em 10 de fevereiro de 1948, mas a fama de artista veio depois que foi morar em Patos, cidade que até hoje o idolatra como filho. Sua primeira gravação data de 1976.

Compositor, sanfoneiro e intérprete, Pinto era o último dos forrozeiros herdeiro direto de Luiz Gonzaga, do qual ganhou sanfonas e a quem acompanhou em várias apresentações. O jeito de cantar e as composições atraíram olhares e ouvidos do rei do baião.

Teve músicas gravadas por Elba Ramalho, Genival Lacerda, Dominguinhos, Fagner, Os 3 do Nordeste, Trio Nordestino e Alcione.

A música ‘Neném Mulher’ gravada por Elba Ramalho, foi tema da telenovela ‘Tieta’.

Em 2008, participou do Festival de Montreux na Suíça ao lado de outros artistas brasileiros: Gilberto Gil, Elba Ramalho, Chico César, Flávio José e Milton Nascimento.

Pinto do Acordeon faleceu em São Paulo em 21 de julho de 2020.

Secom/PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br