qui
25
nov
2021

app_Preço da Hora

O aplicativo Preço da Hora, ferramenta que disponibiliza ao cidadão paraibano em tempo real os menores preços dos produtos comercializados no Estado, reforçou o botão de Histórico de Preços de cerca de 800 mil itens como forma de melhor orientar a decisão dos consumidores paraibanos no ato da compra durante a semana da Black Friday, maior evento de compras promocionais da internet e de lojas físicas, que acontece nesta sexta-feira (26) e movimenta todo o comércio do Brasil.

O serviço de histórico de preços, que vai trazer os valores comercializados dos últimos seis meses de cada produto, visa facilitar a vida do consumidor que vai às compras durante a Black Friday.

“Com esse serviço disponível no Preço da Hora, o cidadão paraibano terá como comparar os valores atuais com os dos últimos seis meses para saber se aquele produto está com preço promocional nesta semana da Black Friday. Ou seja, além da pesquisa de preço atualizada a cada cinco minutos, que é alimentada pelas notas fiscais enviadas pela Sefaz-PB, o aplicativo  agrega mais um serviço importante para o período promocional, que é o histórico de preços comercializados dos últimos seis meses. Essa pesquisa histórica servirá para uma tomada de decisão do cidadão mais assertiva nesta semana de compras. Outro fator muito importante é que o aplicativo traz uma informação confiável e real de preços dos itens porque o produto já foi comercializado com aquele valor”, explicou o secretário de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), Marialvo Laureano.      

PARCERIA – O Preço da Hora, que é um aplicativo desenvolvido pela parceria do Governo da Paraíba, por meio da Sefaz-PB, Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB), oferece buscas rápidas de preços de itens comercializados nos estabelecimentos comerciais do Estado, atualizados e, assim, gerando economia no bolso das famílias paraibanas.

O aplicativo pode ser baixado em smartphones;  tablets e nos computadores e está disponível nos sistemas IOS e Android. Outra opção é a pesquisa direta no portal www.precodahora.pb.gov.br Acessando o site, o consumidor pode também fazer consultas de todos os produtos comercializados nos estabelecimentos do Paraíba em tempo real, sem necessidade de baixar o aplicativo.

O auditor de contas públicas do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Aguinaldo Macedo, responsável pela manutenção e atualizações do aplicativo Preço da Hora, revelou que o aplicativo, desde quando foi lançado, em junho de 2019, já recebeu 47 atualizações, mostrando que o serviço do aplicativo gratuito oferecido ao cidadão tem recebido aperfeiçoamento e melhoramento de forma contínua.

“Em 36 meses, desde o lançamento, já fizemos 47 atualizações, ou seja, a ideia era fazer um aplicativo dinâmico, atualizado e sempre com ajustes para os novos modelos de smartphones tanto android com o do iphone, tornando, com o tempo de resposta das pesquisas de preços de itens já vendidos ainda mais rápido”, declarou o auditor do TCE, acrescentando que o aplicativo já atingiu a marca de 250 mil downloads e recebe cerca de 150 mil visitas por mês no portal.

REFERÊNCIA – O Preço da Hora, que é uma tecnologia 100% paraibana, despertou interesse de outros Estados do Nordeste, que vieram à Paraíba para fazer visitas técnicas e implantá-lo em seus estados, por meio do Consórcio Nordeste. O exemplo mais evidente é o do Estado da Bahia. A ferramenta já foi implantada pelo Governo da Bahia e sendo utilizada por mais de 500 mil usuários daquele Estado, enquanto os Estados do Piauí e Sergipe já solicitaram o código fonte para implantar em seus estados.

SISTEMA ABRANGE 223 MUNICÍPIOS – Qualquer mercadoria que seja comprada em nota fiscal do consumidor nos estabelecimentos comerciais dos 223 municípios do Estado terá o seu preço publicado no aplicativo, desde uma simples caixa de fósforo a um veículo "0 KM". Essas compras por notas fiscais servem para atualizar os preços no programa que são ranqueados do menor ao maior. Ou seja, todos os produtos comercializados em lojas formais via nota fiscal podem ser encontrados no sistema, com endereço da loja, histórico de seis meses de preço, telefone e o mapa do local.

Secom-PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br