qua
19
set
2018

Reprodução

O presidenciável Ciro Gomes (PDT) destacou que o candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, não consegue subir nas pesquisas de intenção de voto apesar de "ter vendido a alma para ter o maior de tempo de TV"; "Alckmin vendeu a alma para ter o maior tempo de TV, na aliança com o Centrão, mas está pagando um preço amargo, pois não decolou nas pesquisas e continua a aparecer com um dígito nas intenções de voto", afirmou.

247– O presidenciável Ciro Gomes (PDT) destacou que o candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, não consegue subir nas pesquisas de intenção de voto apesar de "ter vendido a alma para ter o maior de tempo de TV".

A declaração de Ciro foi uma referência a última pesquisa Ibope, divulgada nesta terça-feira (18) onde ele aparece com 11% das intenções de voto e Alckmin caiu de 9% para 7%. A liderança continua sendo de Jair Bolsonaro (PSL), que oscilou dentro da margem de erro, de 26% para 28%, e Fernando Haddad (PT), que cresceu de 8% para 19% e deve ir para o segundo turno. Já Marina Silva (Rede) caiu de 9% para 6%.

"Alckmin vendeu a alma para ter o maior tempo de TV, na aliança com o Centrão, mas está pagando um preço amargo, pois não decolou nas pesquisas e continua a aparecer com um dígito nas intenções de voto", disse Ciro em entrevista nesta quarta-feira (19) à Rádio CBN e ao portal G1.

Ciro disse, que não cede às pesquisas eleitorais e que elas são um retrato do momento. Segundo o trabalhista, os rumos da sua campanha continuarão sendo feitos com "trabalho" e serenidade". "Sou experiente", disse.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br