ter
18
dez
2018

pf-Arquivo Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (18) a Operação Quimera X que visa desarticular  uma organização criminosa especializada em fraudes por meio da utilização de documentos falsos, para saques de precatórios e saldos do FGTS, PIS, seguro desemprego, benefícios da previdência social, entre outros.

A ação, batizada de Quimera, é para cumprir mandados contra fraudadores de documentos de vários órgãos federais, como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e Ministério do Trabalho. Segundo a investigação, os criminosos falsificavam documentos para conseguir fraudar os benefícios.

De acordo com a PF na Paraíba, trata-se de mais uma fase da Operação Belerofonte, conduzida pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba.

A associação criminosa desarticulada é baseada no Rio Janeiro com ramificações nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte e Distrito Federal. O prejuízo causado é de aproximadamente R$ 4 milhões.

Cerca de quarenta policiais federais estão cumprindo nove mandados de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão expedidos pela 4ª Vara da Subseção Judiciária da Justiça Federal em Campina Grande.

WSCOM


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br