ter
18
dez
2018

aguinaldo-ribeiro

“É engraçado. Dois anos antes, você tinha uma oposição vitoriosa, era o eixo da BR 230, que fazia a espinha dorsal do nosso estado, passando por João Pessoa, Campina Grande, Patos. No momento crucial, que você precisava montar um projeto de oposição, essa oposição foi se fragmentando. A oposição começou a perder a eleição um ano antes”, avaliou Aguinaldo Ribeiro em entrevista nesta segunda-feira (17) a Arapuan.

“É fundamental você ter um projeto e não pode ser um projeto pessoal. Ninguém pode mais subestimar o povo. As pessoas hoje percebem quando não é um projeto para o estado mas, sim, um projeto pessoal”, continuou Aguinaldo. Segundo ele, ao longo do ano que antecedeu as eleições, a oposição foi se fragmentando, o que acarretou na derrota.

Ele ainda destacou o prestígio do governador Ricardo Coutinho no estado como tendo sido um dos dificultadores da oposição. “Ricardo, em momento algum, deixou de ter pessoalmente o seu prestígio. Então ele era um grande eleitor. Então você tinha todas essas variáveis”, opinou.

O deputado federal reeleito disse, ainda, que a oposição precisa, agora, se modernizar. “A oposição, assim como o governo, tem sempre um papel muito importante. Não é só da fiscalização, mas também da contribuição. E a gente precisa dar uma evoluída nessa relação”, destacou.

Paraíba Já


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br