qua
09
jan
2019

Padre Quevedo

Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, de 88 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (9) em Belo Horizonte; ele morava na residência jesuíta Irmão Brandão, no Bairro Planalto, na capital mineira, desde 2012; a assessoria de imprensa da Casa Jesuíta não divulgou a causa da morte nem o local do velório, alegando que a cerimônia será restrita a amigos e parentes; Jesuíta espanhol radicado no Brasil, aparecia em programas de TV para desvendar fenômenos da natureza e desmascarar charlatões; ficou famoso pelo bordão "Isso non ecziste".

247 – Oscar Gonzalez Quevedo Bruzan, o Padre Quevedo, de 88 anos, morreu na madrugada desta quarta-feira (9) em Belo Horizonte. Ele morava na residência jesuíta Irmão Brandão, no Bairro Planalto, na capital mineira, desde 2012. A assessoria de imprensa da Casa Jesuíta não divulgou a causa da morte nem o local do velório, alegando que a cerimônia será restrita a amigos e parentes. O enterro está marcado para esta quinta-feira (10), às 11h, no Cemitério Bosque da Esperança. A informação é do G1.

Jesuíta espanhol radicado no Brasil, aparecia em programas de TV para desvendar fenômenos da natureza e desmascarar charlatões. Ficou famoso pelo bordão "Isso non ecziste".

O religioso investigou casos como o de gêmeas que diziam sentir as mesmas coisas, mesmo estando separadas; expôs a farsa de uma casa mal-assombrada; interpretou gravações impostores diziam ser do além; comentou casos de premonição envolvendo a queda do Fokker da TAM.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br