seg
28
jan
2019

motos

O número de mototaxistas clandestinos que circulam na cidade de Campina Grande é quase três vezes maior que o de profissionais regulamentados. É o que aponta um levantamento feito pela Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) mostra que cerca de 3,5 mil mototaxistas são clandestinos, enquanto apenas mil são cadastrados e têm autorização do órgão.  Por causa da atuação clandestina e do exercício ilegal da profissão, as polícias Civil e Militar, em conjunto com a STTP, têm deflgrado operações para coibir a ação.

Segundo os dados da STTP, o número mototaxistas clandestinos que atuam na cidade é quatro vezes maior que o de mototaxistas cadastrados e em situação regular. De acordo com a autarquia, Campina Grande conta com 977 mototaxistas cadastrados, dos quais 594 estão em situação regular.

Desde 2016, a STTP tem intensificado operações junto a Polícia Civil, Polícia Militar e Departamento Estadual de Trânsito para tentar combater a prática e punir os infratores. Nas ações, os órgãos realizam blitzen para flagrar mototaxistas atuando de forma clandestina, autuá-los e apreender os veículos usados para a prática ilegal.

Táxis

Ainda de acordo com os dados divulgados pela STTP, Campina Grande conta com exatos 583 taxistas cadastrados na profissão. Entretanto, os que estão com cadastro em situação regular são 425.

PB Agora


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br