sex
01
fev
2019

RC-Observatório da Democracia

Durante oficina do Observatório da Democracia ocorrida na tarde dessa quinta-feira (31), no Senado, o ex-governador da Paraíba e presidente da Fundação João Mangabeira (FJM), Ricardo Coutinho analisou o momento político atual vivido pelo Brasil e afirmou que os setores progressistas do País precisam reorganizar-se, “nós temos uma dificuldade enorme de nos unificar” afirmou, “unir o que foi dividido” completou, lembrando a frase usada no documento de conjuntura enviado pela Fundação Lauro Campos ao Observatório da Democracia.

Coutinho destacou que é importante reestabelecer os princípios da democracia no País, pois quando se mexe com a democracia mexe-se com os direitos básicos da população. O presidente da Fundação João Mangabeira afirmou que é preciso compreender as novas formas de comunicação que surgiram com a evolução digital. Enquanto os meios de comunicação tradicionais comunicam-se de uma vez com milhões de pessoas, enquanto as redes sociais digitais comunicam-se com milhões de pessoas uma de cada vez. “Nós temos que encontrar um caminho para nos contrapor a esse tipo de comunicação de massas”, declarou Coutinho.

Para o ex-governador da Paraíba, as lideranças que se opõem ao regime atual estão em risco com um governo que considera os adversários inimigos. O presidente da FJM concluiu, lembrando que a violência é um dos piores problemas do Brasil hoje, são 63 mil assassinatos por ano e a maioria das vítimas, 70%, fazem parte das camadas mais pobres da população.

Para o ex-governador da Paraíba, o papel de reunificar os setores progressistas é das Fundações Partidárias, que não passaram pelo desgaste que passou a classe política nos últimos anos. “As fundações têm um terreno mais fértil para contribuir com as tarefas de reorganização e unificação daqueles que se contrapõem ao governo atual”, concluiu.

Paraíba Já


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br