qua
03
jul
2019

Léa Toscano-zap hackeado

A ex-deputada estadual e atual primeira-dama de Guarabira, Léa Toscano, teve o WhatsApp ‘hackeado’ nesta quarta-feira (3). O golpe foi descoberto logo após o hacker pedir o valor de R$ 20 mil a um dos contatos da agenda telefônica. Segundo a deputada Camila Toscano (PSDB), filha de Léa, um boletim de ocorrência já foi feito em uma delegacia de João Pessoa e que foi solicitado o cancelamento do chip junto à operadora.

“Estamos comunicando a todos os amigos e aos paraibanos sobre esse episódio para alertar as pessoas sobre esse problema que está ficando a cada dia mais comum. Acredito que descobrimos a armação rapidamente e que ninguém foi prejudicado. Com o avanço das novas tecnologias, ficamos suscetíveis e esse tipo de golpe”, disse Camila Toscano.

De acordo com a deputada, o criminoso pediu, de início, um empréstimo de R$ 20 mil e depois baixou os valores, chegando a pedir R$ 3 mil e logo em seguida R$ 1 mil. Ao pedir os valores, o hacker enviou número de conta corrente para o depósito ou transferência bancária. Além disso, chegou a pedir o comprovante.

Primeira-dama de Guarabira tem WhatsApp hackeado

Paraíba Já


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br