qui
01
ago
2019

Foto-Reprodução

Dois homens suspeitos de estarem envolvidos no assassinado do vereador Antônio de Souza Araújo, de 55 anos, do município de Natuba, foram presos na manhã desta quinta-feira (1°) durante a Operação Vindicta.

O vereador foi morto a tiros no dia 03 de maio quando saia da Câmara Municipal da cidade.

O delegado responsável pelo caso, João Joaldo, existem indícios de que o crime foi motivado por conflitos pela liderança do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Natuba. Um dos suspeitos, é filho do atual presidente da entidade e foi visto pouco antes na frente de casa com o outro envolvido na execução. Outro suspeito foi preso por ser proprietário do carro utilizado para dar apoio aos motoqueiros. As prisões ocorreram por força de dois mandados de prisão temporária expedidos pela Comarca de Umbuzeiro.

A polícia vai conceder uma entrevista coletiva para dar detalhes sobre a prisão e investigação. A coletiva acontece às 10h na Central de Polícia de Campina Grande.

O vereador, conhecido como Antônio do Cartório, saía do prédio do Poder Legislativo após uma sessão quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta e em seguida sofreu os disparos.

A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu.

Paraiba.com.br


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br