“Os homens sábios usam as palavras para os seus próprios cálculos, e raciocinam com elas, mas elas são o dinheiro dos tolos”.

Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, autor de Leviatã

sex
04
mar
2016

Mello_crítica-Moro

Primeira crítica contundente do Supremo Tribunal Federal à ação do juiz Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula nesta sexta-feira 4 veio do ministro Marco Aurélio Mello; "Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado", afirmou; "Precisamos colocar os pingos nos ‘is’", continua; Mello criticou o argumento de Moro, de que a medida foi tomada para assegurar a segurança de Lula; "Nós, magistrados, não somos legisladores, não somos justiceiros", e ensinou: "Não se avança atropelando regras básicas".

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

images-cms-image-000484875

Ex-presidente Lula chora e desabafa ao comentar a operação da Lava Jato deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Federal; "Não precisava ter mandado coerção na minha casa hoje de manhã, na casa dos meus filhos. Mas lamentavelmente eles preferiram utilizar a prepotência, a arrogância, e fizeram um show, um espetáculo de pirotecnia. É lamentável que uma parcela do MP esteja trabalhando em associação com a imprensa", disse; "O que aconteceu hoje era o que precisava acontecer para o PT levantar a cabeça", declarou, em coletiva transmitida na televisão; mais cedo, em um vídeo divulgado na internet, Lula criticou o juiz Sérgio Moro: "Se o juiz Moro, se o Ministério Público quisesse me ouvir, era só mandar um ofício", afirmou; ao falar sobre Marisa, ele disse: "ela merecia respeito".

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

images-cms-image-000484782

Com a autoridade de quem presidiu a OAB do Rio de Janeiro, o deputado federal e advogado Wadih Damous (PT-RJ) diz que a ação da Polícia Federal nesta sexta-feira 4 contra o ex-presidente Lula "não foi condução coercitiva, foi um sequestro perpetrado pela PF a mando do juiz da Lava Jato"; "Condução coercitiva acontece quando alguém intimado a depor perante o juiz não comparece. Lula jamais se negou a depor sequer foi intimado", publicou o parlamentar no Twitter; "Lula jamais foi intimado a depor até porque juiz Moro não é competente p/ apurar os fatos relativos a Atibaia e a um triplex do guarujá", completou Damous, afirmando que "está em curso um golpe de estado".

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

praias

O Destino Paraíba vai participar de mais feiras de turismo pela Europa. Nessa quinta-feira (3), a embaixada de Portugal em Lisboa reuniu diversos representantes de estatais do Turismo do Brasil para discutir estratégias de ampliar a divulgação do país. O encontro foi coordenado pela chefe da Secretaria de Comunicação da embaixada, Daniella Xavier, que convidou a todos para participar da 3ª edição da Feira Ibérica de Turismo (FIT), que será realizada de 5 a 8 de maio na cidade de Guarda, e terá o Brasil como país convidado.

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

nde_reg1

Esta sexta-feira (4) é de variação de nuvens e apresenta chance (90%) de pancadas de chuva que podem ser acompanhadas de trovoadas a qualquer hora do dia em Princesa Isabel, Juru, Manaíra, São José de Princesa, Água Branca e São José de Princesa, segundo aponta o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC).

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

Vene_Comissao

O Supremo Tribunal Federal (STF) determinou o arquivamento de mais uma ação contra o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), referente à época em que o parlamentar exercia o cargo de prefeito de Campina Grande. A acusação era de que teria havido irregularidades em licitação da PMCG para a contratação de empresas controladas pelo empresário Eraldo Pereira de Vasconcelos.

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

cassio
Foto postada por Cássio em suas redes sociais.

Nesta sexta-feira (04), o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tem usado bastante a sua página no Facebook para manter seus seguidores informados sobre seus passos na luta pelo impeachment da presidenta Dilma (PT).

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente

sex
04
mar
2016

images-cms-image-000484765

"A violência praticada hoje contra o ex-presidente Lula e sua família, contra o Instituto Lula, a ex-deputada Clara Ant e outros cidadãos ligados ao ex-presidente é uma agressão ao estado de direito que atinge toda sociedade brasileira. A ação da chamada Força Tarefa da Lava Jato é arbitrária, ilegal, e injustificável, além de constituir grave afronta ao Supremo Tribunal Federal", diz o Instituto Lula em nota, lembrando que "a defesa do ex-presidente peticionou ao STF para que decida o conflito de atribuições entre o Ministério Público de São Paulo e o Ministério Público Federal (Força Tarefa), para apontar a quem cabe investigar os fatos", algo que não foi decidido ainda pela ministra Rosa Weber, relatora do caso; "Ao precipitar-se em ações invasivas e coercitivas nesta manhã, antes de uma decisão sobre estes pedidos, a chamada Força Tarefa cometeu grave afronta à mais alta Corte do País", completa a nota.

Leia mais


  Compartilhe por aí: Comente