“Os homens sábios usam as palavras para os seus próprios cálculos, e raciocinam com elas, mas elas são o dinheiro dos tolos”.

Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, autor de Leviatã

dom
04
mar
2012

DSC04608

Pré-candidato do PSOL à Prefeitura de Princesa Isabel, Zé Nominando rebateu, neste domingo ( 4 ), o boato de um acordo com o PC do B do prefeitável Ricardo Pereira. A declaração foi dada durante entrevista ao programa dominical “Microfone Aberto”, da emissora local.

Ele deixou claro que o rompimento com o ex-prefeito Dr. Sidney ( PSDB ) foi meramente partidário, nada familiar, alegando que na legenda tucana não havia espaço para abrigar sua postulação, ao mesmo tempo em que reafirmou que sua candidatura é irreversível, ou seja, não tem volta.

O pré-candidato do PSOL disse que o nome do seu vice ainda não foi definido, como também não adiantou em que pé estão as conversações com outras agremiações.

Com tom pra lá de respeitoso, Zé Nominando marcou sua participação no programa radiofônico sem fazer nenhuma acusação contra qualquer um dos concorrentes, limitando-se a enumerar suas propostas de governo em linhas gerais. Em alguns momentos da entrevista, ele se emocionou a ponto de ter sua voz embargada.


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

dom
04
mar
2012

A propósito da decisão do Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ) – editada na última quinta-feira ( 1º ) e que, a princípio, atingiria a pretensão eleitoral da pré-candidata do PPS à Prefeitura de Princesa Isabel, Flora Diniz, recebemos do advogado e professor universitário Manoel Arnóbio, o esclarecimento que abaixo publicamos:

"Caro José Duarte,

Ao ler a noticia postada no seu Blog que tem como título ‘Decisão do TSE atinge candidatura de Flora Diniz, segundo Portal MaisPB’, nos motivou a fazer uma rápida pesquisa sobre o fato, inclusive, elaborando um pequeno artigo publicado no endereço: www.manoelarnobio.com.br.

A referida decisão contraria a Constituição Federal no seu Art. 16 e contraria o §7ª. do Art. 11 da Lei 9504/97, o primeiro dispositivo diz que a Lei Eleitoral deve ser aprovada 01 (um) ano antes do pleito e o segundo dispositivo vinca que para fins de obtenção de certidão eleitoral para registro de candidatura deverá ser observado se houve entrega da prestação de contas no prazo legal.

A decisão do TSE inova ao criar a obrigatoriedade da aprovação das contas, contrariando conforme o dito o §7º. do Art. 11 da Lei das Eleições, o que, somente poderia ocorrer através de Lei, é de notório conhecimento que essa função cabe ao legislador e não ao julgador.

A Resolução editada pelo Tribunal Superior Eleitoral não diz qual o vício que impede a emissão da certidão, uma vez que, se tem vícios sanáveis e insanáveis, o tribunal diz a questão será apreciada no caso concreto, o que significa dizer que quem teve rejeição com base em vícios meramente formais poderá normalmente ser candidato desde que assim reconheça a Justiça Eleitoral.

No caso de Florentina Flora Diniz Oliveira, até onde se tem conhecimento, a rejeição de contas se deu em virtude de um vício formal, portanto, não impedindo a sua candidatura, em princípio.

Assim, caro José Duarte, a decisão do TSE com certeza será objeto de questionamento no Supremo Tribunal Federal, bem como, várias ações chegarão à Justiça Eleitoral para apreciar a dimensão dos vícios da prestação de contas e mais uma vez poderemos ter as eleições decididas pelos tribunais e não pelo povo."


  Compartilhe por aí: 3 Comentários

dom
04
mar
2012

man_with_caseNa hipótese de um julgamento desfavorável dos embargos impetrados por Thiago Pereira contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral que cassou o mandato do peemedebista, e o presidente da Câmara Domiguinhos ( PSDB ) assumindo provisoriamente o cargo de prefeito , com que cara fica o secretariado?

Alguém acredita que fica como está ou muda alguma coisa ?

Eu sei não.

E você?


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

dom
04
mar
2012

grimaceA sete meses da eleição municipal, as previsões eleitorais estão aí pra tudo que é lado, e variam de acordo com o nível de engajamento político de seus autores. Algumas são coerentes, outras visionárias, mas, uma, sem dúvida, é aclamada por unanimidade.

Trata-se do discurso político, isto é, do tom que irá prevalecer nos comícios e no ringue eletrônico – no rádio, particularmente, com a propaganda eleitoral gratuita. A eleição é decisiva para a sobrevivência dos grupos Diniz e Pereira, daí o uso do recurso à exaustão.

De início, como é de costume , o guia eleitoral vai priorizar a apresentação de candidatos com seus respectivos planos de governo, mas, no curso da campanha, a tendência inevitável é bater duro no adversário, com a exposição de suas fragilidades e possíveis indícios de irregularidades praticadas por este ou por aquele concorrente.

No caso de Princesa Isabel, já há como se medir a intensidade do nível de troca de acusações, do vale-tudo como expediente válido num contexto extremamente disputado eleitoralmente e vital para a continuidade hegemônica dos clãs em embate. Basta ver a inquietação predominante e os passos iniciais que se ensaiam aqui e ali.

Quem tiver lombo grosso e nada de que seja reprovável, tudo bem. Se for diferente, aí, sim, pode se preparar, pois nada será como antes.


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

sáb
03
mar
2012

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), decretada na última quinta-feira ( 1º ), de barrar candidatos com contas de campanha rejeitadas pode alterar o rumo da sucessão municipal em Princesa Isabel.

No levantamento extraoficial feito pelo portal MaisPB, figura o nome da ex-candidata a deputada estadual Flora Diniz ( PPS ).

A decisão do TSE condiciona o registro de candidatura à aprovação das contas de campanha de 2010, de imediato.

O blog vai manter contato com a assessoria da pré-candidata, para obter esclarecimentos sobre a inclusão do nome dela na tal lista.


  Compartilhe por aí: 8 Comentários

sáb
03
mar
2012

Sem medo de ir à luta, Kelly Antas, pré-candidata do PMDB à Prefeitura de Princesa Isabel, retoma neste domingo ( 4 ), sua agenda de visitas às comunidades rurais, começando pelo Povoado de Cachoeira de Minas, onde será recepcionada com um almoço por lideranças locais.

A peemedebista entrou com tudo na disputa, alheia às ciumadas e intrigas que rondam o Clã Pereira.


  Compartilhe por aí: 1 Comentário

sáb
03
mar
2012

Pré-candidato do PSB à Prefeitura de Princesa Isabel, o médico Aledson Moura comemora neste domingo ( 4 ) seu aniversário. A programação festiva, em alto estilo, será na Princesa Show, às 14h, com inúmeras atrações musicais: Arreio de Ouro, Forró de Nós, Zé Roxinho & Estrela Musical.

Para participar da comemoração, é preciso ser solidário também com a Pastoral da Criança, doando um quilo de alimento não perecível.


  Compartilhe por aí: 10 Comentários

sáb
03
mar
2012

Quem imaginou que o ex-deputado Aloysio Pereira abandonou as atividades políticas, perdeu a aposta. O filho do Coronel José Pereira colocou ponto final em um breve recesso, prescrito por um tratamento de saúde, e voltou com toda carga.

Disposto inclusive politicamente, ele monitora, dia a dia, cada passo dos aliados no conturbado processo sucessório municipal, sem perder de vista a perspectiva de que só a unidade do clã pode viabilizar o projeto eleitoral de continuidade.

Restaurar a unidade fragilizada não será uma tarefa nada fácil para o velho timoneiro.

Isso, podem apostar.


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

sáb
03
mar
2012

Irisimar 1Diretores ou representantes da Tim – possivelmente sem autonomia para explicar absolutamente nada – deverão ser convocados para um audiência pública na Câmara Municipal de Princesa Isabel, nos próximos dias.

O autor da propositura,  vereador Irismar Mangueira ( PC do B ), há meses tenta realizar o debate sobre o serviço de má qualidade, mas a operadora de telefonia móvel nem ligou para as duas convocações da Casa.

Desta vez, porém, o parlamentar vai acionar o Ministério Público estadual para que a famigerada empresa explique tim-tim por tim-tim o caos no serviço.

A impunidade tem fronteiras.

Será?


  Compartilhe por aí: 14 Comentários

sex
02
mar
2012

O pré-candidato a prefeito de Princesa Isabel pelo PC do B, Ricardo Pereira, mantém sua disposição de disputar a eleição independente do desfecho do julgamento do prefeito Thiago Pereira ( PMDB ) pelo Tribunal Regional Eleitoral ( TRE-PB ).

A garantia foi dada hoje por um aliado – que preferiu não se identificar, integrante da tropa de choque do secretário municipal, adiantando que a disputa interna entre as facções do PC do B e do PMDB está com os dias contados, mas não quis dar mais detalhes.

Hoje é sexta-feira, 2. Começou a contagem.


  Compartilhe por aí: 4 Comentários

sex
02
mar
2012

 

Para combater a temporada negativa de boatos espalhada por aí, a pré-candidata do PPS à Prefeitura de Princesa Isabel, Flora Diniz, vai convocar uma reunião com representantes partidários e amigos para deixar claro que não há nenhum impedimento legal à sua candidatura.

Flora garante que tudo não passa de um plano destinado a arranhar sua campanha, que recebe a adesão natural de setores amplos da sociedade insatisfeitos com os rumos da atual administração. “Sou candidata, aliás, candidatíssima. É o povo quem diz: agora é Flora”.


  Compartilhe por aí: 5 Comentários

sex
02
mar
2012

BB 1

Quem for à agência local do Banco do Brasil no horário de maior movimento, vai sair de lá pra lá de surpreso com a miragem de um novo serviço disponibilizado à clientela na área de autoatendimento.

Na maioria das vezes com longas filas, terminais eletrônicos com defeito ou em manutenção, além da notória falta de dinheiro entre o fim e início de cada mês, o cliente sua, literalmente, para fazer suas operações bancárias.

No dito espaço, o calor atinge níveis insuportáveis, a ponto de provocar não só desconforto como também desmaio. Apesar das reclamações frequentes, continua a competição ridícula com o inferno do Saara.

A explicação mais convincente seria admitir que a ineficiência do serviço de refrigeração é mais um programa social da instituição, desta vez na área de saúde, destinado à clientela com uns quilinhos a mais.

Ninguém ‘sauna’ o problema. E é porque é banco é todo nosso, imaginem se fosse doutro.


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

sex
02
mar
2012

De volta à terra princesense, Zé Nominando cumpre extensa agenda política neste fim de semana. O pré-candidato do PSOL à Prefeitura de Princesa Isabel reinicia assim a maratona de visitas às bases partidárias, ao mesmo tempo que procura ampliar a interlocução com líderes de outras agremiações e dirigentes comunitários.

No próximo domingo ( 4 ) ele participa do “Microfone Aberto”, programa semanal de entrevistas da emissora local, com início ao meio-dia.


  Compartilhe por aí: 6 Comentários

sex
02
mar
2012

Arnaldo de Zé Laje 1Com os 353 votos obtidos na eleição de 2008 – votação que o deixou na suplência, o guarda municipal Arnaldo Florentino ( Arnaldo de Zé da Laje ) mantém sob cuidadosa vigilância todo seu acervo eleitoral, disposto a remover as pedras ao longo do caminho que leva à Câmara de Vereadores de Princesa Isabel.

A disputa é pedrenta, quente feito lajedo sob o sol de outubro, mas nada intimida o pré-candidato a vereador pelo PSDB – nem mesmo os rochosos concorrentes endinheirados. Arnaldo, firme feito laje, vai superando – uma a uma – as dificuldades no meio do caminho. Humilde, o prestigiado líder comunitário não atira pedras em ninguém e espera chegar lá, catando os grãos da cidadania.


  Compartilhe por aí: 11 Comentários

sex
02
mar
2012

REINA A CALMA NO REINO

As facções kellysta ( PMDB ) e ricardista ( PC do B ) deram uma trégua nas brigas internas. Em tempos de julgamento no TRE, o silêncio fala mais alto.

ASSIS É RUY

O ex-prefeito Assis Maria ( PRB ) fumou o cachimbo da paz com o deputado federal Ruy Carneiro ( PSDB ). Apoio a Benjamin, só no estado do Maranhão.

PLANO DE GOVERNO ( I )

Flora Diniz, pré-candidata do PPS à Prefeitura de Princesa Isabel, já iniciou a elaboração do seu plano de governo. A plataforma prioriza saúde e educação.

PLANO DE GOVERNO ( II )

Outras áreas, como infraestrutura, turismo, agricultura, cultura, emprego e políticas públicas para a juventude receberão atenção especial da socialista.

PLANO DE GOVERNO ( III )

O plano prevê também parcerias para o crescimento autossustentável e a ampliação de programas da rede de proteção social.

NEM TODO DIA ( I )

O presidente da Câmara de Vereadores de Princesa Isabel, Dominguinhos ( PSDB ), anda muito ocupado, ultimamente. A tarefa, no entanto, é doméstica.

NEM TODO DIA ( II )

Falam até que o parlamentar desmontou o guarda-roupa à procura de um terno que já foi passado com a mais fina goma de Lagoa de São João.

NEM TODO DIA ( III )

Segunda, terça, quarta, quinta ou sexta, não importa: Domingos sabe que seu dia se aproxima. Enquanto isso, ele cuida da audição: o celular não para.

NEM TODO DIA ( IV )

São ligações de meio mundo de gente, ávida por notícias de lá das bandas de João Pessoa. Tem delas que chega a enojar, tamanha a bajulação política.

NEM TODO DIA ( V )

Teve uma pessoa que jurou ao pé do celular que votou nele já em 1982, quando era apenas eleitor. O presidente, civilizado, agradeceu o apoio.

NEM TODO DIA ( VI )

Dizem, inclusive, que aquele figurão da política local que não atende ligação de quase ninguém agora inventou de inventar ligação até pra saber de chuva.

PARECE, MAS NÃO É?

Em política, é de bom uso não confundir amolação com imolação. Uma coisa é encher o saco, outra é ir pro sacríficio. Em ambos casos, é a mesma coisa.


  Compartilhe por aí: 2 Comentários

qui
01
mar
2012

Com edição patrocinada pela Editora Universitária/UFPB, o poeta princesense Valban Araújo faz sua reaparição na poesia popular com acento de literatura de cordel na peleja “O Encontro de Ronco Grosso e Tranca Rua de Jacobina”.

A obra, ilustrada pelo artista plástico Antônio Maximiano Roberto, se traduz mais um resgate da tradição poética de extração popular, com estrofação cordelista e dicção própria de quem é do ramo. É, sem dúvida, o encontro do trágico, do burlesco e do sobrenatural que habitam o imaginário popular na exploração de signos e mitos sertanejos, com a redescoberta de expressões arcaicas que embasam e pontuam a narrativa do poeta que também é um bom contador de causos e estórias.

Leiam Valban. O reencontro com o premiado autor de” Lambe-lambe na Praça” e “Os Maxixes de Edgar” vale a pena.

O Encontro de Ronco Grosso


  Compartilhe por aí: 7 Comentários