“Os homens sábios usam as palavras para os seus próprios cálculos, e raciocinam com elas, mas elas são o dinheiro dos tolos”.

Thomas Hobbes (1588-1679), filósofo inglês, autor de Leviatã

ter
11
jun
2013

As crianças que terminam o ciclo de alfabetização – do 1º ao 3º ano do ensino básico – em escolas públicas farão a Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA). A avaliação foi criada por uma portaria publicada ontem (10) no Diário Oficial da União. A ANA servirá para medir o conhecimento das crianças e ajudará no cumprimento do Plano Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic) – que estabelece que todas as crianças até os 8 anos de idade sejam alfabetizadas em português e matemática. A avaliação estava prevista na portaria que instituiu o Pnaic.

Segundo adiantou à Agência Brasil o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Cláudio Costa, a avaliação deve ser aplicada pela primeira vez este ano, quando começa a ser implementado o Pnaic. De acordo com o presidente, a avaliação de 2013 servirá como ponto de partida para que se possa medir a evolução do aprendizado das crianças nessa etapa do ensino.

Segundo a portaria, a ANA deverá produzir informações sistemáticas sobre as unidades escolares, de forma que cada unidade receba o resultado global. Será uma avaliação censitária, de larga escala e servirá para a produção de índices sobre a alfabetização e letramento dos estudantes. A ANA será aplicada anualmente.

A ANA fará parte do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que era composto apenas pela Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) – feita por amostragem nas redes de ensino – e pela Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc), que recebe o nome de Prova Brasil – mais extensa e detalhada. Ambas são aplicadas de dois em dois anos de forma intercalada no 5º e 9º ano do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio. Com a ANA, o Saeb passa a ser composto por três avaliações.

Agência Brasil


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

©nyll pereira – encontro estadual do PEN 01 - 10062013

O Partido Ecológico Nacional (PEN-51) realizou na manhã desta segunda-feira (10) o seu 1º Encontro Estadual na Paraíba. O evento foi realizado no auditório do Hotel Ouro Branco, em João Pessoa, e contou com a presença de dirigentes partidários, deputados, prefeitos, vereadores, entre outras lideranças. Durante a atividade, o ex-prefeito da capital, Luciano Agra, assinou a sua ficha de filiação ao PEN.

O clima era de festa no Encontro Estadual. Ao som de um trio de forró pé de serra, que tocava músicas de cunho ecológico, o novo integrante do partido e que assumiu a presidência da legenda na Capital, Luciano Agra, chegou ao auditório acompanhado do presidente estadual do PEN, Ricardo Marcelo, e dos deputados Toinho do Sopão, Janduhy Carneiro, João Gonçalves, José Aldemir, Branco Mendes, Wilson Braga, Aníbal Marcolino e Edmilson Soares que integram a legenda.

Logo depois, foi composta a mesa, que contou com a presença das seguintes autoridades: o presidente Ricardo Marcelo; o ex-prefeito Luciano Agra; presidente estadual do PSDB, deputado federal Ruy Carneiro; o presidente estadual do PP, ex-deputado Enivaldo Ribeiro; o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira (PPS); o ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego (PMDB); o presidente do PEN de Campina Grande, José Luiz Júnior; a ex-deputada federal Lúcia Braga; a prefeita de Pilões, Adriana Andrade (PTdoB); os deputados estaduais Daniela Ribeiro (PP), Vituriano de Abreu (PSC), Assis Quintans (Democratas), Wilson Braga, Toinho do Sopão, João Gonçalves, Branco Mendes, José Aldemir, Edmilson Soares; e os vereadores da Capital Bira Pereira (PSB), Santino (PTdoB), Helton Renê (PP), Bruno Farias (PPS) e Professor Gabriel (PDT).

Após a composição da mesa, o grupo Dinâmico Cultural do Roger realizou uma apresentação de dança em homenagem a Luciano Agra. Segundo a coordenadora do grupo, Albaniza Santos, a homenagem é uma retribuição ao apoio que o grupo sempre teve do ex-prefeito, desde a sua fundação em 2010. “Agra fez um belo trabalho como prefeito, sempre apoiando a cultura. Por isso, estamos aqui para homenageá-lo e desejar boa sorte na nova casa”, explicou.

Luciano Agra fez um discurso emocionado, em que relatou um pouco da sua trajetória e do caminho que percorreu até chegar ao PEN. “Escolhi o Partido Ecológico Nacional e quero ser a soma de todas as escolhas que os companheiros – que aqui estão – um dia fizeram. Chego para somar e, quem sabe, multiplicar. E tudo o que mais desejo, acreditem, é simplesmente que minha voz seja ouvida, já que antes ela foi sufocada pelos grilhões do autoritarismo”, disse. Ele também se colocou como “soldado” do partido e disse que a luta estava começando com o ato de filiação. “E o soldado José Luciano Agra de Oliveira está se apresentando no quartel. Quartel da independência, da esperança, da liberdade e da dignidade”, destacou.

Já o presidente estadual do partido, iniciou a sua fala com a seguinte frase de Victor Hugo: “O futuro tem muitos nomes. Para os fracos é o inalcançável. Para os temerosos, o desconhecido. Para os valentes é a oportunidade”. Ele disse que os integrantes do PEN estavam enquadramos na última categoria. “Somos valentes, muito valentes e vemos no futuro a oportunidade de construir uma nova realidade e de promover mudanças”, afirmou.

Ricardo Marcelo também deu as boas vindas a Agra e disse que era uma alegria para o PEN recebê-lo. “Agra conquistou a todos nós com a sua simplicidade e humildade. Mostrou-nos que o político tem que ficar perto e ouvir a população para lograr êxito em sua trajetória e desenvolver um trabalho que realmente atenda as necessidades do povo”, ressaltou.

Comissões Provisórias – O encontro reuniu os presidentes das 40 comissões provisórias que estão instaladas no Estado e de representantes de outros municípios que já formalizaram solicitação para implantação da legenda. “Estamos analisando mais 90 pedidos para implantação de comissões provisórias. Nossa meta é chegar aos principais municípios do Estado ainda este ano”, disse Ricardo Marcelo.

ASSESSORIA


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

"Enquanto a oposição tenta artificializar crises em relação ao nosso grupo, nos unimos cada vez mais para trabalhar por Campina Grande e sua gente". Esta foi a declaração, feita em tom de desabafo, do prefeito Romero Rodrigues (PSDB) ao POLÍTICA PB, na tarde desta segunda-feira, 10. Romero confirmou a disposição de tirar uma licença não remunerada de duas semanas da Prefeitura e passar o governo para o vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho, nos próximos dias.

Para Romero, na falta do que denunciar ou criticar em sua gestão, os adversários políticos estão partindo agora para "inventar teorias da conspiração" envolvendo ele e seu vice. "Além de sermos vacinados contra esse tipo de ação do submundo da política, temos uma parceria que se robustece em confiança e respeito mútuo", destaca o prefeito campinense, que esteve visitando Ronaldo Filho na tarde do último domingo, no Hospital João XXIII, onde o companheiro de governo se recuperava de um quadro de pneumonia.

O fato de passar, com plenos poderes, o governo a Ronaldo Filho por 15 dias seguidos, na avaliação de Romero, é um gesto de plena confiança no companheiro e também uma forma de homenagear a memória do criador, fundador e principal responsável pelo sucesso do maior São João do Mundo – o ex-prefeito e poeta Ronaldo Cunha Lima.

Segundo acertou Romero com Ronaldo, a parte final da festa ficará sob inteira responsabilidade de gestão e acompanhamento do vice-prefeito, que vem sendo o coordenador geral do evento desde o início da administração. Assim como o Maior São João do Mundo, o tucano acredita que seu vice dará conta do recado em relação às outras áreas da Prefeitura.

Blog do Marcos Alfredo


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

As multas e penalidades para os estabelecimentos comerciais que não discriminarem na nota fiscal ou em local visível os impostos embutidos no preço dos produtos e serviços só começarão a ser aplicadas daqui a um ano. A lei que estabelece as punições entrou em vigor hoje (10), mas o governo decidiu ampliar o prazo até o início das sanções para que os estabelecimentos se adaptem às novas regras. Na prática, a medida vai adiar a implementação da lei.

A Casa Civil informou hoje que o governo enviará ao Congresso Nacional, ainda nesta semana, uma proposta, provavelmente uma medida provisória, ampliando em um ano o prazo para início da aplicação de multas. “Nesse período, o Poder Público promoverá orientações educativas a respeito do conteúdo da matéria”, diz a Casa Civil, em nota.

A elaboração da proposta de regulamentação da Lei 12.741/2012 e a fiscalização serão coordenadas pela Secretaria da Micro e Pequena Empresa, criada este ano pelo governo.

Segundo a Casa Civil, a ampliação do prazo atende a “várias demandas recebidas” e considera a complexidade da nova lei. Muitas empresas alegam que falta ainda a regulamentação da lei e dizem que, por isso, não sabem como adequar seus sistemas informatizados às novas regras.

Pela lei, a apuração do valor dos tributos incidentes deverá ser feita separadamente para cada mercadoria ou serviço, inclusive na hipótese de regimes jurídicos tributários diferenciados dos respectivos fabricantes, varejistas e prestadores de serviços, quando couber.

Terão de ser informados ao consumidor os impostos sobre Operações Financeiras (IOF) e sobre Produtos Industrializados (IPI), o relativo ao Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep), as contribuições para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), além dos impostos Sobre Serviços (ISS) e sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS).

Agência Brasil


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

Flora Diniz 1

A Prefeitura de Princesa Isabel, através da  Secretaria Municipal de Assistência Social e Juventude, em parceria com o Centro de Apoio à Criança e ao Adolescente (Cendac), inicia nesta segunda-feira (10) as inscrições para os cursos profissionalizantes de Garçom e Cuidador de Idoso.

De acordo com a secretária Flora Diniz, “o objetivo dos cursos é assegurar a ressocialização, inclusão no mercado de trabalho e oportunidade de crescer socialmente para pessoas em situação de vulnerabilidade social ou que necessitem de formação profissional”.

As inscrições estão sendo realizadas na nova sede da Secretária de Assistência Social e Juventude, na avenida Presidente João Pessoa, em frente à Escola Estadual Gama e Melo, de segunda à sexta, das 8h às 12h30, até o próximo dia 28.


  Compartilhe por aí: 3 Comentários

seg
10
jun
2013

Apenas Princesa Isabel registrou chuva na região nas últimas 24 horas, com 0,1 milímetro. Para esta segunda-feira (10), O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) aponta tempo parcialmente nublado em Princesa Isabel, Tavares, Manaíra, Juru, São José de Princesa e Água Branca com reduzida chance (5%) de chuva. Temperatura máxima de 26°C. Mínima de 18°C.

Abaixo, a previsão do Centro para a região Nordeste:

Entre o litoral de AL e da BA: nublado com períodos de chuva, que poderá ser intensa. De AL ao leste da BA: nublado com chuva mais fraca. Do norte do MA ao litoral norte do RN: variação de nuvens e pancadas de chuva a qualquer hora do dia. Do litoral leste do RN ao litoral de PE: variação de nuvens e pequena chance de pancadas de chuva. No centro do MA, do PI, do CE, demais áreas do RN, centro-leste da PB e leste de PE: variação de nebulosidade. Nas demais áreas da região: sol e poucas nuvens. Temperatura máxima: 33°C no oeste do RN. Temperatura mínima: 18°C no oeste da PB.


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

http://gallery.mailchimp.com/37a060d4f6024cdf95e612c9c/images/Esterilizacao_Mazinho_Gomes_72_.jpg

A Unidade de Controle Populacional de Cães e Gatos de João Pessoa realizou 26 cirurgias de castração em cães e gatos durante o mês de maio. Instalada no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), principal dos Bancários, a unidade foi inaugurada no dia 9 do mês passado e é a primeira na Paraíba a ser oferecida por uma rede municipal de saúde.

Foram castrados 20 gatos (15 machos e cinco fêmeas) e seis cães (três de cada gênero), sendo 13 na região abarcada pelo Distrito Sanitário III (Mangabeira, Bancários, Valentina, José Américo, Gramame) e outros 13 na região do Distrito Sanitário IV (Alto do Céu, Ilha do Bispo, Mandacaru, Róger, Centro). “É um trabalho veterinário em prol da saúde humana”, ressaltou a veterinária Laís Wanderlei, uma das cirurgiãs da Unidade.

A Gerência de Vigilância Ambiental e Zoonoses (Gvaz) pretende alcançar uma média de 100 cirurgias por mês. A intenção é reduzir a população de animais errantes, tanto por meio de procedimento cirúrgico de esterilização quanto por ações educativas voltadas para a posse responsável.

“Não adianta fazer a cirurgia se o dono do animal não tiver responsabilidade sobre ele. É preciso entender que animais não são coisas. Se você decide ter um, é para a vida toda”, disse o biólogo Fabrício de Souza, técnico em Vigilância em Saúde e responsável pela triagem dos animais.

Triagem – O serviço, porém, não é oferecido a todas as pessoas, indiscriminadamente; há uma lista de prioridades: residir em área endêmica, com risco epidemiológico para a transmissão de zoonoses (toxoplasmose, leptospirose e leishmaniose); ter renda baixa (usuários do SUS e do Bolsa Família); e ter mais de 60 anos (muitos idosos têm nos animais de estimação uma companhia, quase um ente da família). Além disso, 20% das cirurgias são para as ONGs de proteção animal que trabalham em parceria com o CCZ.

De acordo com Laís, a equipe está sendo muito criteriosa. “Fazemos um exame clínico geral no animal, para verificar se ele está apto à cirurgia. Se for detectada qualquer anormalidade no sangue, o dono deverá primeiro tratá-lo; depois, é só voltar à Unidade e entrar novamente na lista”, explicou.

Mais números – No mês de maio, 477 cães foram examinados para o diagnóstico de leishmaniose, também conhecida como calazar – desses, cinco apresentaram resultado positivo. O número de animais adotados foi 139, e o de vacinados, 102. O CCZ realizou 17 exames de raiva e prestou orientação e atendimento a 267 pessoas que procuraram o centro.

SECOM-JP


  Compartilhe por aí: Comente

seg
10
jun
2013

Começam nesta segunda-feira (10) e vão até sexta (14) as inscrições para a segunda edição deste ano do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Podem se inscrever os estudantes que tenham participado da edição do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2012 e não tenham zerado a redação. As inscrições devem ser feitas no portal do Sisu.

Pelo Sisu, o estudante concorre a vagas em cursos de graduação em universidades e institutos federais de ensino superior. Nesta edição, serão ofertadas 39.724 vagas em 1.179 cursos de 54 instituições de ensino superior.

Na página do sistema de seleção estão disponíveis as etapas da inscrição para orientar os candidatos. Antes de começar é preciso ter em mãos o número de inscrição e o da senha no Enem 2012. A primeira coisa a fazer é confirmar os dados pessoais – é por eles que o Sisu entra em contato com o candidato.

Em seguida, ele pode escolher até duas opções de curso. Estará disponível um sistema de busca com os detalhes de cada opção. O candidato deve clicar no curso para ver o número de vagas e de modalidades ofertadas. É preciso estar atento também à documentação exigida pelas instituições de ensino no momento da matrícula.

Confirmada a inscrição, é possível alterar as opções apenas até sexta-feira.

As notas de corte dos cursos e a classificação parcial de cada candidato serão divulgadas diariamente, nos dias 11, 12, 13, e 14 deste mês. O candidato poderá acompanhá-las ainda durante o período de inscrição e avaliar as chances de ser aprovado.

A primeira chamada está marcada para o dia 17 deste mês e a segunda, para 1° de julho. As matrículas da primeira chamada poderão ser feitas nos dias 21, 24 e 25 próximos e as da segunda chamada, nos dias 5, 8 e 9 de julho.

Agência Brasil


  Compartilhe por aí: Comente

dom
09
jun
2013

O secretário-adjunto de Finanças de Princesa Isabel, Erivolnado Freire, disse neste domingo (9) que a disposição do gestor tucano em conseguir obras para o município é uma ‘questão de honra’.

Segundo ele, “as dificuldades financeiras geradas a partir da queda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos compromissos das gestões anteriores com Cagepa, Saelpa, INSS, entre outros, não abateram o prefeito Dominguinhos, que tem um compromisso com o futuro”.

De acordo com Erivonaldo, a determinação do administrador em “fazer um governo diferente, pra melhor, com um volume recorde de obras através de parceria permanente com os governos estadual e federal, virou uma obsessão político-administrativa, uma questão de honra”.

“Quem apostar negativamente, vai quebrar a cara, pois Dominguinhos tomou as medidas corretas para superar a crise e vai mostrar, ao longo do seu mandato, que Princesa Isabel segue em frente, com paz e progresso, sem olhar pra trás”, afirmou.


  Compartilhe por aí: 8 Comentários

dom
09
jun
2013

A presidenta Dilma Rousseff chegou no começo da manhã (7h40, horário local) de hoje (9) à capital portuguesa, em visita oficial. Dilma deixou Brasília ontem (8) à noite, após transmitir o cargo ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), uma vez que o vice-presidente Michel Temer também está em viagem internacional desde quarta-feira (5). Temer segue hoje de Farnborough, na Inglaterra, para Paris.

Ao chegar a Lisboa, Dilma não fez declarações à imprensa. Ela só terá agenda oficial a partir de amanhã (10), às 17h, quando se encontrará com o presidente de Portugal, Cavaco Silva. Do Palácio de Belém, sede da Presidência de Portugal, Dilma seguirá para a residência oficial do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, no Palacete de São Bento. Mais tarde, participará da cerimônia de entrega do Prêmio Camões de Literatura ao escritor moçambicano Mia Couto e jantará no Palácio Nacional de Queluz antes de embarcar de volta ao Brasil.

Formam a comitiva presidencial os ministros Antonio Patriota, das Relações Exteriores, Fernando Pimentel, doDesenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Aloizio Mercadante, da Educação, e Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social, além do assessor especial da Presidência da República para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia.

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, que já estava em Lisboa acompanhando os eventos de encerramento do Ano do Brasil em Portugal, junta-se hoje à comitiva. Neste domingo, a ministra irá ao Espaço Brasil, no bairro de Alcântara, para ver a exposição da artista plástica Lygia Clark e assistir ao show de Ed Motta e convidados. O encerramento oficial do Ano do Brasil será amanhã (10), com show de Maria Bethânia.

Além do incremento na áreal cultural, o empresariado português espera que o encontro dos dois governantes renda maior aproximação econômica. O presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, António Bustorff, disse à Agência Brasil que há oportunidades de parceria para as empresas brasileiras e portuguesas em toda a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Segundo ele, o Brasil e Portugal deveriam aproveitar as plataformas recíprocas para distribuição de produtos na América Latina e no Sul da Europa.

Apesar do potencial de negócios, “os portugueses sentem-se um pouco abandonados pelos brasileiros”, ressaltou Bustorff, ao lembrar que o encontro oficial dos dois governantes deveria ter ocorrido em setembro do ano passado, em reunião de cúpula. “Esta viagem compensa a falha da cimeira não realizada no ano passado”, disse Bustorff.

De acordo com órgãos da imprensa portuguesa, estará em pauta na visita de Dilma Rousseff a participação do Brasil no programa de privatização de companhias estatais portuguesas, em setores como água, correios, portos e aviação. Conforme o presidente da Câmara de Comércio Luso-Brasileira, os portugueses têm interesse na compra da companhia aérea TAP por empresa sul-americana por causa das rotas entre Portugal e o Atlântico Sul. Hoje Lisboa é a principal porta de entrada de brasileiros na Europa.

Também poderá ser tratada a suspensão do edital para vinda de estudantes brasileiros a Portugal pelo Programa Ciência sem Fronteiras e a permissão de trabalho para médicos e engenheiros portugueses no Brasil.

Agência Brasil


  Compartilhe por aí: Comente

dom
09
jun
2013

O Partido Ecológico Nacional (PEN-51) realiza no próximo dia 10 de junho o seu primeiro Encontro Estadual na Paraíba. O evento será realizado no auditório do Hotel Ouro Branco, em João Pessoa, a partir das 9 horas, e contará com a presença de dirigentes partidários e filiados de vários municípios paraibanos. O encontro servirá para discutir a estruturação partidária e o processo de interiorização da legenda.

Durante o evento será feito um balanço de todas as comissões provisórias que já foram instaladas no Estado.Também serão traçadas estratégias para a realização dos encontros municipais para que as comissões provisórias sejam transformadas em diretórios, bem como a conjuntura nacional e estadual visando as eleições de 2014.

De acordo com o presidente estadual do PEN, deputado estadual Ricardo Marcelo, durante o encontro os novos filiados, dirigentes e simpatizantes das bandeiras defendidas pelo partido terão mais informações sobre a legenda, estrutura partidária e ainda o processo de interiorização.

“Nós estamos trabalhando para implantar, ainda este ano, o PEN nos principais municípios paraibanos, pois o processo de interiorização está diretamente ligado as eleições de 2014. Somos um partido que já nasceu grande na Paraíba e que se fortalece dia após dia. Nós temos tamanho, força e propostas que visam melhorar a qualidade de vida do povo paraibano e isso nos credencia para disputar uma vaga na majoritária”, disse o presidente Ricardo Marcelo.

O Partido Na Paraíba, o PEN conta com uma bancada formada pelos seguintes parlamentares: Ricardo Marcelo, Edmilson Soares, Branco Mendes, José Aldemir, Aníbal Marcolino, Janduhy Carneiro, Toinho do Sopão, João Gonçalves e Wilson Braga. Na ALPB o partido é liderado pelo deputado estadual Branco Mendes.

O PEN foi criado em 19 de junho de 2012, quando obteve seu registro definitivo no Tribunal Superior Eleitoral. O presidente nacional é o deputado estadual por São Paulo Adilson Barroso.

ASSESSORIA


  Compartilhe por aí: Comente