qui
26
dez
2019

ICV

Na noite dessa quarta-feira (25) a mulher, de 28 anos, que estava internada na Maternidade Cândida Vargas após um suposto erro médico durante um parto cesariano apontado pelos familiares, veio a óbito.

Segundo informações da direção do hospital, Kellyane sofreu uma parada cardiorrespiratória. Ela já havia tido morte cerebral no último dia 19.

De acordo com a família, materiais cirúrgicos teriam sido esquecidos dentro da mulher após a realização de um parto cesariano na unidade de saúde no mês de setembro.

Ao retornar ao hospital após o parto, uma bactéria foi detectada no corpo da paciente. Após sete dias de internação para tratar a bactéria, uma ultrassom foi realizada em Kellyane, que passou por três cirurgias devido a perfurações no intestino grosso e delgado.

Após a confirmação do óbito, nesta quinta-feira (26), a Secretaria Municipal de Saúde informou que os familiares estão recebendo todo o acompanhamento necessário por parte da equipe multiprofissional e, da direção do Instituto Cândida Vargas (ICV).

PB Agora


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br