sex
03
jul
2020

A Prefeitura já oficiou à Vara de Justiça da Comarca de Princesa Isabel a disposição de desjudicializar as ações de cobrança de sete meses de salários atrasados de aposentados e pensionistas deixados pela gestão anterior, em tramitação naquele juízo, a fim de agilizar o pagamento dos valores devidos.

Ricardo Pereira_IPM

Com a quitação dos salários atrasados de aposentados e pensionistas deixados pelo governo passado, o IPM vai injetar mais de R$ 600 mil na economia municipal, duramente afetada pela pandemia do novo coranavírus.

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (Cidadania) informou ontem (2) que o Instituto de Previdência do Município (IPM) já dispõe de plano para pagamento dos salários atrasados de aposentados e pensionistas referentes aos meses de junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro de 2016.

No anúncio, feito através de redes sociais, o prefeito destacou que vai “desjudicializar e continuar honrando” os direitos das categorias, “pagando em dia seu suor”. Ele observou que a tabela do acordo prevê sete grupos, escalonados por prioridade e faixas etárias.

Na postagem, o prefeito disse ainda que faz o anúncio com alegria, depois de o IPM ter suas contas de 2017 aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

A Prefeitura já oficiou à Vara de Justiça da Comarca de Princesa Isabel a disposição de desjudicializar as ações de cobrança de sete meses de salários atrasados de aposentados e pensionistas deixados pela gestão anterior, em tramitação naquele juízo, a fim de agilizar o pagamento dos valores devidos.

O prefeito também manifestou seu propósito de fazer acordo extrajudicial com os inativos que ainda não ingressaram com ação na justiça.

Para obter mais informações, inclusive sobre valores e agendar o recebimento das parcelas em atraso, os beneficiários devem procurar a superintendente do IPM, Rejane Caçula.

A administração local estima que, com a quitação dos salários de aposentados e pensionistas deixados pelo governo passado, o IPM vai injetar mais de R$ 600 mil na economia municipal, duramente afetada pela pandemia do novo coranavírus.

Segundo o gestor, “os recursos são provenientes do Tesouro Municipal que, apesar das diculdades encontradas, mantém o compromisso de pagar rigorosamente em dia os salários de todos os servidores, ativos e inativos”.

Confira abaixo a tabela do IPM.

 

IPM-Tabela

 

Ricardo Pereira_IPM


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br