qui
09
jul
2020

Temporada-2019_Orquestra-Sinfnica-Jovem-da-Paraba

Com a pandemia da Covid-19, veio a necessidade de isolamento domiciliar e os concertos das orquestras (profissional e Jovem) foram temporariamente suspensos. Para suprir parcialmente essa ausência, a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) disponibilizará, em seu canal no YouTube (www.youtube.com.br/funescgovpb) compilações de melhores momentos de apresentações realizadas nas temporadas de anos anteriores. A estreia acontece nesta quinta-feira (9), às 20h, com fragmentos de dois concertos da Sinfônica Jovem. O público poderá rever ‘Huapango’, de José Pablo Moncayo, e ‘Concerto para Oboé em Dó Maior’, de Wolfgang Amadeus Mozart, ao som do oboé de Danrley Natan de Lima.

Em concerto realizado em 20 de junho de 2019, a peça ‘Huapango’ foi executada pela primeira vez em solo paraibano sob regência do maestro Luis Carlos Durier. A peça tem duração de 20 minutos. Trata-se da obra mais conhecida do compositor José Pablo Moncayo (1912-1958), que foi diretor da Orquestra Sinfônica Nacional da Cidade do México e membro do Grupo dos Quatro, que se dedicou a escrever música que refletia o espírito nacional mexicano, recorrendo a melodias, ritmos e harmonias típicas da música popular mexicana. 

O outro fragmento é de um concerto realizado em 5 de dezembro de 2019, regido por Durier, com a presença do oboísta Danrley Natan de Lima. O músico executou a peça Concerto para Oboé em Dó Maior, KV. 314 (Allegro sperto, Adagio non tropo, Rondó – Allegro), de Mozart, um dos mais célebres compositores de todos os tempos. “O concerto de Mozart é um concerto muito importante na literatura do oboé, por várias razões. Uma delas é do ponto de vista técnico e a outra do ponto de vista musical, mas o mais importante é a beleza que esse concerto tem e o quanto ele empolga a todas as pessoas que ouvem a música maravilhosa de Mozart”, destacou o maestro.

Solista –  Danrley Natan de Lima integra a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB), como primeiro oboísta. É diplomado pela Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), onde iniciou seus estudos aos 7 anos de idade. Dois anos depois, ingressou na Orquestra infantil da Paraíba (OIEPB), e em 2013, na OSJPB e na Orquestra Armorial Ariano Suassuna, onde fez apresentações pelo Brasil. No ano de 2015, Danrley iniciou o bacharelado em Música na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em oboé, e já se apresentou junto a várias orquestras do Estado, como a OSPB, OSUFPB-Jovem, OSUFPB e OSMJP. Foi premiado como Jovem Solista da OSJPB para a temporada de 2017 e classificado para semifinal do Concurso Nacional de Palhetas Duplas (ABPD). O oboísta participou do Festival Sesc de Música de Pelotas e do I e II Festival Internacional de Música Clássica de João Pessoa. Em Masterclass já participou de aulas com Christophen Hartmann (Berlin-Philarmonic), SaharRoper, Isac Duarte, Joel Gisiger (OSESP), Carlos Justi (Uni-Rio), José Medeiros, Hugo Souza (UFRN), entre outros.

O regente – Paraibano de João Pessoa, Luiz Carlos Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 22 anos. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente à OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve à frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo, Dominguinhos, Zélia Duncan e Zé Ramalho.

Por cinco anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa junto a artistas brasileiros. No dia 5 de agosto de 2015, as orquestras paraibanas apresentaram concerto na inauguração do Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa, com a participação da cantora carioca Zélia Duncan.

No ano seguinte, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras paraibanas Cátia de França e Nathalia Bellar, e no ano passado, o também paraibano Chico César foi o destaque. No último dia 5 de agosto, o concerto em homenagem aos 434 anos de João Pessoa foi realizado na Praça do Povo do Espaço Cultural, seguido pelo show da banda Paralamas do Sucesso.

Serviço

Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba – Fragmentos de concertos

Quinta – 09/07, 20h

Huapango (José Pablo Moncayo) – concerto realizado em 20/06 de 2019

Concerto para Oboé em Dó Maior (Wolfgang Amadeus Mozart) – concerto realizado em 05/12 de 2019

TV Funesc: www.youtube.com.br/funescgovpb

Secom-PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br