seg
07
set
2020

USP Imagens_Reprodução

Maioria esmagadora se opõe à volta às aulas no momento em que a pandemia persiste em níveis elevados e não há ainda uma vacina contra a Covid-19.

Pesquisa do Ibope mostra que para 72% dos entrevistados os alunos só devem retornar presencialmente às escolas depois que uma vacina para o novo coronavírus estiver disponível. A pesquisa foi feita entre os dias 21 e 31 de agosto, pela internet, com 2.626 pessoas.

O Amazonas é o único estado em que as aulas presenciais foram retomadas. São Paulo e o Rio Grande do Sul liberam as aulas a partir desta terça-feira (8). Entre o próximo dia 14 até outubro, outros estados também autorizarão a volta às aulas: Rio de Janeiro, Piauí, Pernambuco e Pará. O Acre está em fase de planejamento e os outros 19 estados ainda não têm data definida, informa O Globo.

O Ibope mostra que 54% concordam totalmente com a afirmação de que o retorno dos alunos à sala de aula só deve ocorrer quando houver uma vacina; outros 18% concordam parcialmente; 12% não concordam, nem discordam. Outros 7% discordam parcialmente; 6% discordam completamente; e 3% não souberam responder.

Responsáveis pelos alunos, professores e profissionais da educação consideram que a volta às aulas eleva o risco de contaminação das crianças e jovens.

Pesquisas científicas demonstram que crianças podem ser mais contagiosas do que adultos, inclusive aqueles em quadro severo da doença, ainda que apresentem sintomas mais leves.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br