seg
14
set
2020

OSPB

A obra mais famosa do compositor francês Maurice Ravel integra o programa do concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba, apresentado em 12 de maio de 2016, que será exibido na programação online “Funesc na Rede” nesta quinta-feira (17), às 20h. O concerto tem regência do maestro Luiz Carlos Durier e a participação do violinista paraibano André de Souza como solista. A exibição será pelo canal da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) no Youtube (www.youtube.com/funescpbgov).

O concerto inicia com a execução de “A Danação de Fausto”, do compositor romântico francês Hector Berlioz, que classificou a obra como uma “lenda dramática”. Em seguida vem a “Ópera Thaís”, do também francês Jules Massenet, compositor que foi especialmente conhecido por suas óperas, muito populares no final do século XIX e início do século XX. A execução conta com o solista André de Souza.

A música cubana motivou o americano George Gershwin – que além de concertos clássicos compôs para a Broadway – a criar a “Abertura Cubana”, que é executada pelos músicos da OSPB nesse concerto. Originalmente intitulada Rumba, a música foi o resultado de um feriado de duas semanas que Gershwin tirou em Havana, Cuba, em fevereiro de 1932.

Encerrando o concerto vem o “Bolero”, uma obra musical de um único movimento escrita para orquestra pelo compositor e pianista francês Maurice Ravel. Inicialmente composta para um ballet, a obra é considerada a mais famosa de Ravel. “O Bolero de Ravel, que se tornou um símbolo de João Pessoa, tem uma melodia que é instigante e muito sensual”, observou o maestro Durier.

Online – Os concertos das orquestras profissional e Jovem da Paraíba foram temporariamente suspensos durante a pandemia da Covid-19. Para suprir parcialmente essa ausência, a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) passou a disponibilizar, em seu canal no YouTube (www.youtube.com.br/funescpbgov) compilações de melhores momentos de apresentações realizadas nas temporadas de anos anteriores. A ação integra a programação online intitulada “Funesc na Rede”.

O solista

André Araújo de Souza (violinista) – Natural de João Pessoa, começou a estudar violino aos oito anos de idade com o professor Ademar Rocha, no Centro Musical Suzuki. Depois, com os professores Yerko Tabilo na Universidade Federal da Paraíba, e Will Fedkenheuer na Utah State University (USU). Participou de vários festivais de música no Brasil e na Alemanha e apresentou-se como solista, concertista e camerista em importantes salas de concertos.

Foi premiado em primeiro lugar no VIII Concurso Jovens Músicos – Música no Museu, em 2015 e foi um dos ganhadores do “Concerto Competition” da USU (Utah State University). Ficou em segundo lugar no XI Concurso Nacional de Cordas Paulo Bosísio, no qual recebeu o prêmio especial “Ole Bohn”, e, como camerista, ficou com o primeiro lugar no II Concurso de Música de Câmera de João Pessoa. André recebeu também menção honrosa no Concurso de Cordas de Piracicaba.

O violinista integrou a Camerata Brasílica e o Quinteto da Paraíba; participou da Orquestra Sinfônica da Paraíba profissional e jovem, inclusive como spalla de ambas, e como concertino da Orquestra Sinfônica da Bahia.

O maestro

Luiz Carlos Durier – Paraibano de João Pessoa, Durier é o regente titular da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba (OSJPB) há 22 anos. Em setembro de 2013 foi nomeado diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica da Paraíba (OSPB). No ano de 2012, o maestro recebeu a Comenda de Honra ao Mérito, pelo desempenho profissional frente a OSPB.

Entre suas atividades, conduziu a OSPB na gravação ao vivo do CD da cantora Marinês e sua Gente e do DVD Sivuca e os Músicos Paraibanos. Com a OSPB e a OSJPB, esteve a frente de concertos com artistas populares como Ângela Rô Rô, Arnaldo Antunes, Tico Santa Cruz e Renato Rocha (Detonautas), Flávio José, Genival Lacerda, Alcione, Toninho Ferragutti, Geraldo Azevedo e Dominguinhos.

Por cinco anos consecutivos, Luiz Carlos Durier regeu a Orquestra Sinfônica da Paraíba e a Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba em concertos comemorativos ao aniversário da cidade de João Pessoa junto a artistas brasileiros. No dia 5 de agosto de 2015, as orquestras paraibanas apresentaram concerto na inauguração do Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções de João Pessoa, com a participação da cantora carioca Zélia Duncan. 

No ano seguinte, a apresentação teve como destaque o cantor e compositor paraibano Zé Ramalho; em 2017, as atrações foram as cantoras paraibanas Cátia de França e Nathalia Bellar; em 2018, o também paraibano Chico César foi o destaque, e no ano passado, o concerto em homenagem à cidade de João Pessoa foi realizado na Praça do Povo do Espaço Cultural, seguido pelo show da banda Paralamas do Sucesso.

Serviço

Orquestra Sinfônica da Paraíba

Concerto realizado em 12 de maio de 2016

Regência: Luiz Carlos Durier

Solista: André de Souza (violino)

Exibição: 17/09/2020, às 20h

TV Funesc: www.youtube.com.br/funescpbgov

Secom-PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br