sáb
17
out
2020

barroso_chico

Decisão do ministro do STF Luís Roberto Barroso pelo afastamento do senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro escondido na cueca, deu força para a coleta de assinaturas visando a criação de uma PEC que limite os poderes da Corte.

A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso que determinou o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado em uma operação da Polícia Federal com dinheiro escondido na cueca, impulsionou a coleta de assinaturas por parte dos senadores para uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limite os poderes da Corte.

A PEC, de autoria do senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), visa impedir que ministros da Corte interfiram em processos em andamento e em ações de outros Poderes por meio de decisões liminares e monocráticas. Uma proposta semelhante já foi apresentada e rejeitada pelo plenário em 2019

Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, a PEC já havia sido assinada por 21 parlamentares até a tarde desta sexta-feira (16). A expectativa é que as 27 assinaturas necessárias sejam coletadas até a próxima segunda-feira (19). "O Supremo está se transformando em tribunal do crime e interferindo em Poderes. Isso tem de acabar", disse Oriovisto.

Para o líder do PSL, Major Olímpio (SP), a decisão de Barroso pelo afastamento de Chico Rodrigues “Foi absolutamente intempestiva”. “Eu diria até inconstitucional, a decisão monocrática do ministro determinando o afastamento do senador Chico Rodrigues", destacou.

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br