qua
14
jul
2021

Walter Galvão

Nas últimas décadas, Walter Galvão era mais conhecido como poeta, escritor, jornalista e gestor público. Mas também dedicou parte de sua vida ao exercício de compor e cantar. Na década de 1970, por exemplo, foi crooner de diversas bandas de baile da Paraíba. O ex-presidente da Fundação Espaço Cultural José Lins do Rego (Funesc), falecido na semana passada, é o homenageado do programa Espaço Cultural desta quinta-feira, dia 15.

Editado e apresentado pelo jornalista Jãmarrí Nogueira, o programa realizado pela Funesc vai ao ar das 22h à meia-noite, somente com música da Paraíba, na Rádio Tabajara FM (105,5). Os dois primeiros blocos da edição desta quinta-feira contarão com depoimentos de artistas e gestores públicos a respeito da importância e contribuição de Galvão. Na playlist, diversas músicas de Galvão, inclusive um registro da década de 1970.

E os três blocos seguintes serão compostos de músicas da cena paraibana, inclusive singles lançados neste segundo semestre. Dois deles serão tocados em primeira mão: ‘Novos caminhos’, de PS Carvalho, e ‘Filho da República’, da banda Traça de Arquivo. Playlist também terá lançamentos de Filosofino, Bixarte e Arquiza. Ainda canções da banda Gatunas, Flor de Pedra, Seu Pereira & Coletivo 401, Val Donato, banda-fôrra, Melo, Lucy Alves, Flávio Cê, Cabruêra, Fulô de Mussambê, Luana Flores, Lucas Bezerra, Severino Ayres, Mafiota, Pedro Faissal e Chico Limeira.

O programa Espaço Cultural – que só toca música da Paraíba – pode ser ouvido pelo site https://radiotabajara.pb.gov.br/radio-ao-vivo/ e, no dia seguinte à apresentação, fica disponível no canal da Funesc no YouTube.

Walter Galvão – Jornalista. Poeta. Escritor. Crooner! Ex-secretário municipal de João Pessoa e de Conde (nas áreas de Educação, Comunicação e Transparência). Presidente da Fundação Espaço Cultural (Funesc). O multitudinário Walter Galvão Peixoto de Vasconcelos, 64, faleceu na última quarta-feira, dia 7, após luta contra um câncer. Ele já havia iniciado o tratamento quimioterápico este ano e, após piora no quadro de saúde, estava internado em um hospital de João Pessoa havia uma semana.

O nome de Walter Galvão é carimbo forte da história do jornalismo paraibano nas últimas quatro décadas. Passou por todas as grandes redações de jornais impressos, como A União, O Norte e Correio da Paraíba (onde atuou como repórter, colunista, editor setorial e editor geral). Atuou ainda em emissoras de televisão, como a TV Correio, e como assessor na área política.

Crítico cultural, também deixou sua marca como artista, sendo crooner de bandas de baile nas décadas de 1960 e 1970, inclusive no Quarteto Pleft. Na década de 1990 gravou a canção ‘Gavião’ no CD ‘Jardim dos animais’, de Paulo Ró e Ronald Clever. Deixou vários livros publicados, como ‘O som do sim’ e ‘Rap Ópera’. Suas publicações mais recentes foram ‘45 poses da palavra’ e ‘Máximas de Marx – Introdução ao multiverso do pensar crítico’ (lançado este ano), ambos pela editora Ideia.

Secom/PB


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br