seg
06
dez
2021

João Azevêdo_

O governador João Azevêdo fez um balanço, nesta segunda-feira (6), das ações do governo na concessão de incentivos para atrair empresas para a Paraíba. Por meio do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba (Fain), o Governo do Estado beneficiou, de 2019 a 2021, 174 empresas de 19 municípios paraibanos. Em 2021, os incentivos fiscais concedidos estão gerando investimentos que superaram 2019 e 2020. O balanço foi feito durante o programa Conversa com o Governador, transmitido em cadeia estadual pela rádio Tabajara e pelas redes sociais do governo.

No programa Conversa com o Governador, João Azevêdo comentou que é responsabilidade do Governo do Estado criar um ambiente de negócios capaz de atrair novas empresas. “No caso da Paraíba, tivemos a competência de criar esse ambiente que vem atraindo empresas dos mais diversos setores para o nosso Estado. São empresas que vão desde grandes Centros de Distribuição a empresas que trabalham com energias renováveis, bem como investimentos no turismo” frisou.

O governador também citou alguns motivos que levam investidores a virem para a Paraíba. “Um empresário, quando analisa um estado, ele precisa se sentir seguro para investir. Ele procura um local onde se honra compromissos, se tem uma condição de estabelecer incentivos que sejam importantes, ou seja, é este ambiente de negócios onde os contratos e os incentivos são respeitados que faz com que tenhamos mais empresas chegando no estado. E é exatamente através da Cinep que fazemos os contatos com os investidores e que os incentivos do Fain fazem aportar o número muito grande de empresas. Só de 2019 a 2021, já beneficiamos, pelo menos, 174 empresas em 19 municípios”, afirmou o governador.

Em 2021, foram beneficiadas 90 empresas, que investirão mais de R$ 2,4 bilhões e irão gerar 1.949 empregos diretos. No total, as empresas estão investindo no estado mais de R$ 4,8 bilhões, gerando mais de 4.100 empregos, com previsão de faturamento total anual de mais de R$ 6 bilhões. “Isso tem feito com que o número de empregos na Paraíba tenha sido crescente e vamos fechar o ano com saldo positivo. Tenho certeza que é isso que vamos continuar fazendo pelo Estado”, garantiu João Azevêdo.

Na oportunidade, o governador ainda citou a atração de grandes empreendimentos na área do turismo, como o Polo Turístico Cabo Branco e o Polo Moveleiro. “O Polo Turístico Cabo Branco disponibiliza lotes para instalação de serviços de hotelaria, comercial e serviços em uma área estratégica de João Pessoa e o Polo Moveleiro, por exemplo, será uma das maiores potências nacionais no segmento, gerando mais de 13 mil empregos diretos e indiretos no período de construção e mais de 17 mil novos postos de trabalho, quando as empresas estiverem em operação”, observou. 

O diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Rômulo Polari Filho, participou do programa Conversa com o Governador e comentou sobre o papel da Cinep em relação aos investimentos na Paraíba. “Além de conceder incentivos fiscais e locacionais e gerenciar mais de 30 distritos industriais presentes em diversos municípios do estado, a Cinep criou um Departamento de Atração de Investimentos e Relações Internacionais, que tem promovido ações com órgãos, entidades e empresas. Já registrando que em 2021, os incentivos fiscais concedidos estão gerando investimentos que superaram 2019 e 2020, mostrando uma retomada muito forte”, falou.

Segundo Rômulo Polari, empresas de energias renováveis também estão sendo bastante atraídos pela Paraíba. “A gente vai ter um incremento nos empreendimentos na área de energia solar de mais de 1.500% considerando de 2020 até 2023. Isso porque temos na parte de infraestrutura, uma malha rodoviária muito boa que facilita o transporte das pás eólicas e outros equipamentos grandes. Tem a parte de estrutura de transmissão que vai viabilizar a conexão para estas grandes usinas e também o ambiente de negócios favorável, com as contas do estado em dia. Por isso, estamos atraindo tantos investimentos na área de energia renovável”, pontuou.

O Fain – O Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Industrial da Paraíba (Fain), regulamentado pelo Decreto 17.252 de 27 de dezembro de 1994 e suas alterações, tem como objetivo a concessão de estímulos fiscais e financeiros para a implantação, ampliação, revitalização e relocalização de indústrias consideradas de relevante interesse para o Estado.

O Fundo concede crédito presumido do ICMS com percentuais variando entre 48% e 74,25%, com prazo de 15 anos renovável por igual período para todas as empresas industriais. As variações dos percentuais dependerão da quantidade de empregos diretos gerados e o volume de investimentos realizados, além da localização escolhida pela empresa no Estado.

Secom


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br