sáb
03
ago
2019

Caixa-FGTS

Dados da Caixa Econômica Federal mostram que pelo menos 2.700 empresas paraibanas estão com algum tipo de débito com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Especialistas alertam aos trabalhadores para a necessidade de se acompanhar regularmente o depósito por parta das empresas.

O acompanhamento é fundamental porque o trabalhador pode reaver os valores que não tenham sidos depositados em até cinco anos anteriores.

PB Agora


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br