sex
06
set
2019

Brasília  - Entrevista com o deputado Bolsonaro, durante a votação do Impeachment da presidente Dilma Rousseff (Valter Campanato/Agência Brasil)

Com a popularidade mergulhada em um precipício, Jair Bolsonaro vai usar o Sete de Setembro como campanha política. Ele convidou para o palanque os empresários Silvio Santos (SBT) e Luciano Hang (Havan) e o pastor evangélico Edir Macedo (Universal). O contrato assinado pela gestão pública para a organização da cerimônia foi de R$ 971,5 mil.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "a área reservada a autoridades, que costuma ser ocupada por poucos integrantes do Executivo e do Legislativo, será reforçada pelos apoiadores do presidente."

A matéria ainda informa que "A expectativa é de que o grupo participe de um jantar com Bolsonaro, na noite desta sexta-feira (6), no Palácio do Alvorada. O contrato assinado pela gestão pública para a organização da cerimônia foi de R$ 971,5 mil, enquanto no ano passado foram gastos R$ 842,3 mil, em valores corrigidos pela inflação do período."

Brasil 247


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br