sex
29
nov
2019
Heraldo lutava contra uma depressão há muito tempo, caiu do 16º andar do edifício Spazio di Napoli, Tambauzinho, onde morava com sua irmã

Heraldo Nóbrega

O corpo do jornalista e apresentador da TV Master Heraldo Nóbrega, será velado e sepultado, na tarde desta sexta-feira (29), no Cemitério Parque das Acácias, no José Américo, em João Pessoa. Diversas autoridades do Legislativo, Executivo estadual e Associações lamentam, por meio de nota, a morte do jornalista.

Heraldo lutava contra uma depressão há muito tempo, caiu do 16º andar do edifício Spazio di Napoli, Tambauzinho, onde morava com sua irmã. O velório acontecerá a partir das 14 horas e o enterro está marcado para às 18 horas.

Heraldo Nóbrega foi chefe de redação do extinto Jornal O Norte, trabalhou na redação dos Jornal Correio da Paraíba e foi superintendente do Jornal A União, no Governo José Maranhão. Atualmente atuava como apresentador das TV Master, como âncora do programa de entrevistas Tribuna da Mídia  e participava da bancada do Conexão Master, ancorado por Alex Filho.

O Governo da Paraíba emitiu, nesta sexta-feira (29), uma nota de pesar onde lamenta a morte do jornalista.

Leia a nota:

O Governo da Paraíba expressa todo pesar pelo falecimento do jornalista e servidor público do Estado, Heraldo Nóbrega, ocorrido na madrugada desta sexta-feira (29).

Natural da cidade de Patos, no Sertão paraibano, Heraldo despertou sua paixão pelo jornalismo ainda jovem, tendo largado a área médica para trabalhar nas redações de jornais. Ao longo de quase 40 anos, exerceu os cargos de chefia nos jornais O Norte e Correio da Paraíba e foi superintendente do jornal A União.

Atualmente Heraldo Nóbrega atuava na TV Master, nos programas Conexão Master e Tribuna da Mídia.

Neste momento de perda e de despedidas, o Governo se solidariza com todos os seus familiares e espera que encontrem conforto na certeza de que a história dele será preservada com carinho por aqueles que puderam compartilhar da sua existência neste mundo.

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), foi mais uma autoridade do Executivo que lamentou a morte do jornalista paraibano.

Leia a nota:

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, lamenta o falecimento do jornalista Heraldo Nóbrega, um dos grandes baluartes da Comunicação na Paraíba e presta sua solidariedade à família e aos amigos.

Heraldo Nóbrega, que trabalhou em jornais e televisão, deixa uma extensa contribuição ao jornalismo do nosso Estado.

O senador José Maranhão (MDB) lamentou a morte do amigo jornalista.

Leia a nota:

Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do amigo Jornalista Heraldo Nóbrega.

Heraldo foi Superintendente de A União, no meu Governo, fazendo um trabalho transparente e ético.

Que Deus o receba em bom lugar.

A Associação Paraibana de Imprensa (API) também divulgou nota lamentando o falecimento do seu associado.

Leia a nota:

A Diretoria da Associação Paraibana de Imprensa (API), profundamente consternada com o falecimento do jornalista Heraldo Dantas Nóbrega, ocorrido na manhã desta sexta-feira (29), vem de público prestar sua irrestrita solidariedade e profundo pesar aos familiares de um dos mais brilhantes profissionais da imprensa paraibana e um dos valorosos quadros da nossa Associação.

A API faz questão de ressaltar que no exercício de sua atividade profissional, Heraldo deixou a marca de responsabilidade, da competência e uma legião de amigos e admiradores. Vencido pela depressão, fica a certeza que Heraldo terá uma boa acolhida nos braços do Senhor.

WSCOM


  Compartilhe por aí: Comente

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificar quando


Ir para a home do site
© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É PROIBIDA A REPRODUÇAO PARCIAL OU TOTAL DESTE SITE SEM PRÉVIA AUTORIZAÇAO.
Desenvolvido por HotFix.com.br